Hernane, Jackson e Edigar: Saiba quando voltam a jogar

O Esporte Clube Bahia vem sofrendo desde o início do Campeonato Brasileiro com as sucessivas lesões de jogadores importantes e quando aliado as suspensões, só aumenta as dores de cabeça. Digo início de Brasileiro, no entanto, o departamento médico tricolor ainda antes das decisões do 1º turno pelo Baiano e Nordeste já estava bem frequentado. Exemplos de Hernane, Jackson, Wellington Silva, Maikon Leite. 

Outros também sofreram com as lesões no início da Série A, casos de Edson (que também foi suspenso por um bom tempo), Allione e Armero (que vão e voltam), Régis (que só agora vem retomando o ritmo). No entanto, o mês de setembro promete esvaziar o DM do Bahia. Quatro jogadores de fora desde o 1º semestre devem retornar aos gramados. O lateral Wellington Silva, o zagueiro Jackson e os atacantes Hernane e Edigar Junio estão em fase final de recuperação.

Dr. Rodrigo Daniel, médico do Bahia, explicou a situação dos lesionados e indicou prazo previsto para os retornos. Veja:

Edigar Junio:

“Ele vinha sofrendo de uma dor nas duas pernas, no terço médio das pernas direita e esquerda. Teve o diagnóstico de uma canelite, na realidade uma reação por estresse na tíbia. Está sendo devidamente tratado. A gente postergou um pouco seu retorno, está fazendo tratamento específico. A gente espera repetir a ressonância na próxima semana para liberar para evolução nos treinos”.



Jackson:

“Está no pós-operatório de uma cirurgia para correção do menisco lateral no joelho direito. Realmente teve uma evolução um pouco mais lenta do que a gente esperava. Está na fase de transição. É complicado a gente falar em questão de tempo, mas a gente acredita que em 30 dias ele estará à disposição do treinador”.

Hernane:

“Teve uma fratura sem desvio da tíbia esquerda há três meses e meio. Está na fase final de sua recuperação. Já está no campo, está chutando bola. Depende muito agora do seu ganho de força, dessa fase final da reabilitação. A nossa programação, a gente estava conversando lá em cima, é que em meados de setembro ele também esteja à disposição”.

Wellington Silva:

“Fez uma artroscopia para correção de uma lesão com grau, lesão de cartilagem. Está na fase de recuperação, reabilitação. Já está em transição. Não dá para falar em previsão exata, mas a gente espera que nos próximos 30 dias ele também esteja à disposição do treinador”.