Goleiro Jean: Um sujeito privilegiado no Bahia

O Bahia ainda não anunciou oficialmente, mas já tem um novo goleiro para o Campeonato Brasileiro da Serie A, que terá inicio em pouco dias com o Bahia estreando enfrentando o Atlético-PR. Trata-se do goleiro Rafael Santos que já se encontra em Salvador, inclusive treinou hoje à tarde no Fazendão e aguarda apenas a papelada para ser anunciado oficialmente como – novo reforço do Bahia – em mais um esforço da direção do clube em impor o atual o goleiro Jean com titular do time quase como um decreto lei OU na TORA como queiram. Acredito por simpatia pessoal ou qualquer outro motivo nesta linha ou do ramo. Afinal, pelo futebol não se justifica correr tamanho risco num campeonato tão importante para o clube e o pior, por puro capricho da direção do Bahia

A contratação do novo goleiro atende apenas a necessidade do complemento do numeral três na lista dos atletas para posição em qualquer clube profissional que se preza, portanto, fica fácil entender que a intenção é que o goleiro Jean não pode ter sombra ou sua titularidade não pode ser ameaçada por nenhum outro jogador, mesmo sendo ele, um atleta que ainda não foi capaz despertar qualquer tipo de confiança ao torcedor do Bahia descompromissado.

O Bahia passou todo o Campeonato Baiano e Copa do Nordeste com apenas 2 goleiros profissionais e vai entrar em campeonato importantíssimo para a sua saúde moral e financeira como será a Serie A, com goleiros do tipo Jean, Anderson que não tivemos chances de conhecer de verdade já goleiros de Bahia ou Vitória quase nunca são exigidos nestas competições como campeonato baiano e Rafael Santos, que já com 28 anos, se revelou nos seus melhores momentos vestindo a gloriosa e tradicional camisa do Madureira.

Antes disso, jogou no Avaí, Bragantino, Botafogo (SP), São Caetano, Icasa, Portuguesa e Guarani, além de ter disputado a Série B de 2016 pelo Tupi-MG onde foi rebaixado para terceira divisão do futebol nacional no ano passado.