Gol do Bahia contra o Sport-PE corretamente anulado

Apesar do bom resultado obtido diante do Sport-PE que manteve a vantagem do Bahia e que pode conquistar o titulo de tricampeão da Copa do Nordeste próxima quarta-feira com um simples empate e de 0 x 0, já que marcou gol na casa do adversário, o presidente do Bahia esbravejou contra o juiz do jogo, Antônio Dib Moraes se referindo ao gol marcado por Zé Rafael na primeira etapa, porém invalidado pelo bandeira.

O árbitro interpretou que Renê Júnior ( que estava em posição ilegal) teria atrapalhado o goleiro Magrão, do Sport. Uma questão discutível por ser interpretativa, isto no meu entendimento de leigo assumido e sem vocação para gato mestre. Parte da torcida do Bahia fez coro e acompanhou os reclames do presidente do clube e no resumo ficou estabelecido que o Bahia foi roubado.

Agora vamos ao que diz o Ex-árbitro Sálvio Spínola comentarista de arbitragem do Canal ESPN Brasil sobre o gol.

“Hoje a regra diz que interferir é impedir o jogador de disputar ou de ganhar a bola, quando é o defensor. Mas nesse caso, o Magrão tem o jogador em posição de impedimento na hora do chute. A saída do Renê Jr, lateral, esse movimento é atrapalhar e interferir o goleiro. Para mim acertou a arbitragem nesse lance. Gol irregular”, disse Sálvio

Agora veja a fala do ex-árbitro em vídeo.