Atrito com Sinval, multa alta e demissão: O dia D de Argel

Acho que o nome do treinador Argel Fucks nunca foi tão falado nos bastidores da bola e na Toca do Leão quanto nesta quinta e sexta-feira, tudo após uma partida em que o Vitória saiu vitorioso diante do Galícia (1×0) em Pituaçu e manteve a liderança isolada do Baianão com 100% de aproveitamento. O problema é a atuação da equipe que ainda é bastante contestada na temporada 2017, mais uma vez mostrou-se apático, um esquema de jogo confuso, previsível e desorganizado na maioria das vezes, com a cara do professor, apesar de ter nas mãos um elenco qualificado para disputa do decadente Estadual e da Copa do Nordeste.

Pois bem. Reitero que tudo não passou de mera especulação, apenas boatos lançados ao ventos pela imprensa local e de fora do Estado. Alguns chegaram a noticiar a demissão de Argel em primeira mão, outros destacaram que o treinador balança no cargo e a demissão é questão de tempo, ainda foi revelado que Luxemburgo voltou a ser tratado internamente pela diretoria em caso da suposta saída do atual comandante, notícia dada pelos canais Fox Sports e Sportv e repercutidos nos jornais locais. A imprensa baiana ainda frisou um possível desentendimento entre Argel e o gerente de futebol Sinval Vieira após a partida e apontou o motivo pela não demissão do técnico: A multa rescisória no valor de R$ 1,3 milhão. Veja o que disse ambas as partes:

Colocando panos quentes em todas as polêmicas e um ponto final, Argel desmentiu o “bate-boca” com Sinval Vieira e chamou o ocorrido de uma “conversa amistosa”, e no mesmo embalo o gerente de futebol tratou de afirmar que o treinador não foi demitido hoje, nem será amanhã” e complementou pedindo equilíbrio ao clube: “Não se fala em demissão de técnico. A gente tem que ter equilíbrio” disse. Então, resumindo, TUDO não passou de lero lero e disse me disse por parte da mídia esportiva e o atual treinador rubro-negro continua no comando, quer dizer, pelo menos por enquanto.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*