Hernane tenta justificar o pênalti grosseiro perdido

O atacante Hernane do Bahia depois daquele VEXAME, depois daquele pênalti simplesmente bizarro batido, batido não, digo, entregue na mão do goleiro do Galicia ainda teve a cara de pau para para defender o que ele chamou de OUSADIA. Segundo o jogador em uma publicação no Twiter, o futebol é espetáculo e o torcedor gosta mesmo é de gols, lances bonitos.

Tudo bem, contudo, espetáculos, shows ou algo diferente, é para que para quem PODE praticar e oferecer e não para aqueles que querem apenas se aventurar.  Portanto este tipo de “espetáculo não cabe no perfil do jogador em que categoria ou OUSADIA nunca esteve ao seu alcance até nos seus melhores momentos na carreira. Trata-se um atleta estilo caneleiro e de conhecida limitações técnicas e no lance em questão, além de reiterar a grossura, revelou também, certo descompromisso com o Bahia 

Veja ai as justificativa

Se o futebol continuar seguindo esse caminho que algumas pessoas querem, vai acabar a graça e a emoção. Fui ensinado que, no futebol, tem de se ter ousadia, tentar sempre o melhor… Infelizmente, quando se erra tentando ser diferente, como numa batida de pênalti, essas pessoas que estão tornando o futebol chato querem apontar o dedo e julgar. Futebol é espetáculo, torcida, gols, lances bonitos…”,

“Visto a camisa do Bahia, gigante, bi-campeão brasileiro. Nunca vou deixar de tentar ser diferente ao representar essa camisa. Sempre vou tentar promover um jogo grande e importante. Tenho certeza de que todos os envolvidos saem ganhando quando damos a um Ba-Vi o peso e o tamanho que ele merece. Acho que é isso, vamos tratar esse nosso show chamado futebol com mais carinho