Associação questiona administração do presidente do Bahia

“Sucessão de insucessos que se sucedem sucessivamente!”

“Esse jogo de palavras sintetiza perfeitamente a pífia Gestão do E.C. Bahia cujo Presidente Marcelo Santana e Vice Pedro Henriques são neófitos, inaptos e não reúnem condições desejáveis para gerir um Clube da grandeza do Tricolor de Aço” . Diz a nota publicada nesta sexta-feira pela Associação Bahia Livre na sua página no Facebook.

A nota continua. (sem opiniao)

Afinal o que significa “ É A VEZ DO FUTEBOL “?

Seria a contratação de carretas com 59 Jogadores em menos de 3 anos (23 em 2015; 25 em 2016; 10 em 2017 até hoje)? Quem aprovou? Quanto ganha Cajá e Hernane?

Seriam participações pífias e vexames em 3 Copa do Brasil ? 2015 – Paysandu; 2016 América-MG na 2ª Fase; 2017 – Paraná na 2ª Fase?

Seriam os varzeanos Campeonatos Baiano disputados em 2015 e 2016, que ganhamos o de 2015 sem ter vencido uma única vez o rival de Canabrava?

Seriam as participações nas Copas do Nordeste de 2015 e 2016 que o Bahia perdeu para o Ceará e Santa Cruz, respectivamente;

Seria a Copa Sulamericana 2015 que o Bahia foi eliminado perdendo de 4 a 1 para o Sport, ou seria a de 2016 que nem disputou?

Seria o Brasileiro da 2ª Divisão de 2015 – com pífia participação ficando na 9ª colocação?

Seria o Brasileiro 2ª Divisão de 2016 – que com maior orçamento entre todas as Equipes e com R$40 milhões recebidos do Esporte Interativo conseguiu subir a 1ª Divisão na 4ª colocação?

Seria a “ Viagema Disney “ em 27/02/2016 que o Orlando City/EUA não teve piedade nos goleando humilhantemente por 6 a 1?

Seria a ridícula participação na Flórida Cup de 2017 sendo eliminado pelo Estudiantes/ARG?

Seria um Plano de Sócios com mensalidade a R$40,00 que não contempla o Povão?

A Diretoria Executiva quer mantê-lo longe do Clube, travando uma Proposta lançada no Conselho Deliberativo de mensalidade a R$10,00 mensais. Foi prometido que teríamos 50.000 Sócios em 2015, contrataram com alta remuneração e vantagens o Sr. Avancini que estranhamente teve o seu contrato renovado mesmo tendo um resultado pífio e ridículo de apenas 11.000 Sócios;

Seria a baixíssima presença de Torcedores no Estádio, cujo contrato com a Arena Fonte Nova foi renovado com R$3.000.000,00 a menos que o anterior?

Seria a adesão ao Profut – Programa de Modernização da Gestão e de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro, refinanciamento de dívidas em um prazo de 20 anos/240 parcelas que vem sendo pago mensalmente pelo valor mínimo, sem amortização do principal e com a uma gigantesca dívida que só aumenta ?

Amigos Tricolores o mote “ É A VEZ DO FUTEBOL “ é tudo isso e uma gigantesca irresponsabilidade de iludir o Torcedor e o Sócio num engodo eleitoral perverso que a cada dia que passa só aumentam as frustrações e decepções em ver o nosso time não ganhar absolutamente nada, “ rolar a dívida “, jogar um futebol de péssima qualidade sem o mínimo planejamento, com troca s constantes de Diretores, Gerentes de Futebol e Técnicos e com um DADE que não garimpa nada!

O que será do Bahia no Brasileirão 2017 da 1ª Divisão com este futebol ordinário e ridículo?

Chega de passarmos vergonhas! Basta! Queremos um time de qualidade e vencedor!

# VAZA VEZ DO FRACASSO NO FUTEBOL!

# VAZA MARCELO SANTANA, PEDRO HENRIQUES E GRUPOS QUE OS BLINDAM E APOIAM!

ASSOCIAÇÃO BAHIA LIVRE