Vitória garante que David não será vendido para a China

Através de nota divulgada no seu site oficial nesta terça-feira, o Esporte Clube Vitória garante que o jogador David não será mais vendido ao Dangdai Lifan, um dos principais clubes do futebol de elite da China. Ainda segundo a nota, de fato havia uma negociação que já se estendia por duas semanas, mas o negócio não se concretizou.

A proposta do clube chinês era de 3,5 milhões de dólares, o que equivale a 12 milhões de reais. Ou seja, caso o Vitória tivesse direito a 100% sobre a venda, teria sido a maior transação do Nordeste de todos os tempos. O Vitória possui 70% de qualquer negociação envolvendo o jogador, e, segundo a proposta, permaneceria com 20% e receberia o equivalente a 2,8 milhões de dólares (algo em torno de 8,5 milhões de reais) pelos 50% restantes.

O Leão já havia sinalizado interesse e o prazo para a finalização da transação teria sido nesta segunda-feira (28). No entanto, David e o staff do atleta, optaram por não concretizá-la e se anteciparam. “O jogador tem 21 anos de idade. Confiamos no clube e no potencial que ele tem e preferimos mantê-lo no país”, afirma Francisco Godoy, um dos empresários do atacante. “O foco dele é o Vitória”, garante.

O Vitória, então, seguirá apostando em David, pois trata-se de uma promessa do futebol brasileiro e ainda tem muito o que contribuir com o time. A proposta do Lifan, da China, não foi a única, e o clube confia que seu desempenho nesta temporada só irá valorizá-lo ainda mais.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*