Bahia vence o FAST pela Copa São Paulo e assume liderança

O Bahia fez um jogo interessante hoje pela segunda rodada da copinha, a equipe tricolor entrou em campo atuando com o mesmo esquema tático e a mesma escalação da estreia da competição. No primeiro tempo o tricolor teve dificuldade de controlar o jogo e impor seu ritmo, porém bem postado em campo defensivamente, praticamente anulou os ataques do adversário. No 2º tempo o Bahia conseguiu controlar a partida, usando muito o recurso da bola parada, a equipe conseguiu marcar os dois gols que deram a vitoria ao esquadrão.

Ainda com dificuldades de saída de jogo e no controle da passe de bola, diferente da estreia a equipe variou taticamente chegando a atuar no 4 2 3 1, 3 4 3 e 5 4 1 ( Se defendendo), principalmente na segunda etapa, com o jogo garantido o Bahia se defendia com a 1ª linha de defesa com 5 jogadores e a 2ª linha com 4 atletas, dificultando a penetração da equipe adversaria. O esquema era tão interessante que sempre um volante vinha a linha dos zagueiros atuando como um libero.

O jogo no primeiro tempo foi muito sonolento, as duas equipes errando muito e sendo pouco objetiva, tendo apenas 3 lances de perigo: 2 do Bahia e um do FAST contando com a falha da zaga tricolor. Já na 2ª etapa o esquadrão acordou para o jogo, avançou a marcação, usou bastante as bolas paradas que resultaram nos gols de: Geovane Itinga aos 10 minutos do 2º tempo e aos 27 com um golaço de Cristiano. Depois disso a equipe controlou o jogo até o apito final.

Com o resultado o tricolor chegou a liderança do grupo e depende apenas de um empate para garanti a classificação para a próxima fase da competição.

Com um bom desempenho taticamente, a defesa continua sendo o ponto forte da equipe, sempre com Everson e Bolivia atuando bem na reta guarda tricolor. No meio de campo Felipinho não atuou bem, participou pouco do jogo e foi pouco eficiente nos passes, já pela lateral esquerda Juninho atuou bem, com bons cruzamentos que até resultou no gol de Itinga. Falta um pouco de qualidade nos passes e na transição da bola ao ataque, Aroldo acertando essa deficiência da equipe com certeza o tricolor vai longe na competição.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*