Bahia x Paraná: 3 pontos obrigatórios e calculados!

O que um triunfo convincente e com autoridade, ou diria um resultado inesperado, não faz, não é verdade? Após o empate amargo contra o Atlético-GO na Arena Fonte Nova depois de passar entediantes 17 dias treinando que deixou boa parte a torcida tricolor decepcionada e menos esperançosa, é claro, com exceção dos torcedores mais otimistas que acreditam sempre independente da situação ou do resultado, exemplo do nosso amigo Flávio apelidado carinhosamente de “O Rei do Otimismo”, o Esporte Clube Bahia devolveu e reascendeu a esperança do torcedor que parecia desacreditado e agora com um passe de “mágica” está claramente mais confiante no acesso depois dos 3 a 0 diante do Avaí lá em Santa Catarina com a equipe apresentando um futebol convincente e consistente numa rodada que foi praticamente perfeita para o Esquadrão encostar novamente no pelotão de frente, assim como essa tem sido.


Neste sábado, às 18h30, na Arena Fonte Nova, o Bahia terá mais uma decisão pela frente, uma partida de extrema importância para engatilhar o segundo triunfo consecutivo, o que não me recordo a última vez que aconteceu nesta segundona, e tentar finalmente embalar na competição em busca de uma vaga no seleto grupo dos 4 clubes que jogarão na elite do futebol nacional em 2017. Diria que esse é o jogo da afirmação, um triunfo faz o Esquadrão pular de 8º para 6º chegando aos 31 pontos, ultrapassando Criciúma e Londrina e colando no 5º colocado Brasil-RS com 33 pontos, lembrando que todos os três clubes que estão acima do Esquadrão e também vislumbram o G-4 vacilaram na rodada e perderam, sem citar CRB (4º) e Ceará (3º) que se enfrentaram e ficaram no empate por 1 a 1, resultado FANTÁSTICO. Resumindo: Do 2º ao 7º, apenas o Atlético-GO venceu e contra um concorrente direto ao acesso, o Brasil de Pelotas. 

Rodada simplesmente perfeita, porém, falta o principal: fazer o dever de casa e vencer o Paraná. Os 3 pontos contra os paranaenses são obrigatórios, imprescindíveis, necessários, esperados e já calculados pelo torcedor para manter a esperança renovada e a fé no acesso. É inadmissível e inaceitável repetir o mesmo erro do último duelo na Fonte Nova e perder pontos dentro de casa novamente e agora para o Paraná Clube que, assim como o Tricolor Baiano, esteve rondando a parte de cima da tabela, porém, sem vencer há 6 rodadas (3 empates e 3 derrotas), mais precisamente desde o dia 02 de julho sem sentir o gostinho da vitória, já labuta para se afastar do Z-4 posicionado na 15ª posição com 26 pontos, curiosamente apenas dois pontos atrás do Bahia (ocupando a 8ª posição com 28 pontos), fato que deixa a partida ainda mais perigosa além de considerar que os últimos dois triunfos do Paraná foram fora de casa, contra Vasco e Bragantino.   

Para esse confronto, o Bahia terá a mesma escalação que venceu na rodada passada, a dita equipe perfeita com Eduardo e Moisés nas alas, Tiago e Jackson na defesa, dupla de beques que parece ter dado liga, pelo menos eu espero, com dois volantes que atuam como médios e dão qualidade enorme na saída de bola e ligação defesa/ataque (Luiz Antônio e Juninho), dois pontas ‘ariscos’ explorando a velocidade pelos flancos e dando canseira nos zagueiros adversários (Allano e Edigar Junio), além do meia responsável pela criação, o famoso cabeça pensante (Renato Cajá) e por fim o oportunismo do ‘brocador’ Hernane lá na frente. Temos tudo para fazer uma boa partida, como fizemos em Santa Catarina, mas é preciso manter a atitude, a agressividade, a força de vontade, a ambição, o sangue nos olhos, como se estivesse jogando o último jogo da vida e disputar a bola como se fosse o último prato de comida. 

Vai pra cima deles, Esquadrão!

BBMP!  

Deixe seu comentário

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. coupons
  2. Tor hidden wiki link

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*