Vitória bate o Bahia e coloca uma mão e meia na taça

O Vitória deu um passo importante para conquistar o seu 28º título baiano, diria que colocou uma mão e meia na taça, faltando agora apenas terminar o trabalho na partida de volta na Arena Fonte Nova, vantagem que conseguiu ao bater o Bahia na tarde deste domingo no Barradão sem muito esforço por 2 a 0, gols de Diego Renan e Amaral, enfrentando um adversário apático, medroso, totalmente displicente, sem laterais, sem meio-campo, sem organização tática, sem atitude e jogando na base da vontade, porém, vontade apenas não ganha jogo quiçá campeonato.    

O placar não resumiu o que foi o jogo no primeiro tempo. O Bahia foi mais perigoso quando chegou, mesmo atacando de forma desorganizada e sem criatividade, exigiu bastante do bom goleiro Caíque em alguns lampejos, principalmente nos minutos finais. Mas o Vitória, bem postado taticamente, foi quem se deu melhor e contou com a eficiência e a sorte para balançar a rede duas vezes, primeiro aos 23 minutos em um pênalti fajuto, inventado pelo juizão, batido e convertido por Diego Renan, o segundo aos 42 em um chute imprevisível do volante Amaral desviando na defesa e enganando o goleiro Marcelo Lomba. 

Precisando correr atrás do prejuízo, o Bahia viu o Vitória pressionar na segunda etapa e exigir defesas sensacionais de Marcelo Lomba. Já o time comandado por Doriva continuou desorganizado em campo, numa apatia tremenda, mesmo tendo volume de jogo, sofreu com os contra-ataques rubro-negros, não levou perigo algum ao goleiro Caíque e nem com Victor Ramos tentando ajudar conseguiu fazer o gol de honra e agora terá que operar um “milagre” no confronto de volta na Arena Fonte Nova. Vencer a pressão psicológica e a fragilidade técnica para repetir o placar deste domingo e conquistar o tricampeonato baiano que não vem desde 1988. Tudo pode acontecer, é verdade, o futebol é imprevisível, o problema é que esse time do Bahia é previsível.     

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*