Jogador por jogador, Vitória vence o Bahia de goleada

Ba-VI é Ba-VI, e só saberemos o resultado após o apito do árbitro Anderson Daronco apontar para o centro do campo dando o problema por completamente encerrado. Sei disso, não me aventuro a fugir à regra, bem como, não discuto a imprevisibilidade de um BA-VI de tamanha magnitude. Contudo é inegável que o Esporte Clube Vitória tem um elenco melhor preparado, fez maior investimento e assim, tem uma maior inclinação para sair do Barradão com o resultado que lhe interessa, especialmente se fosse levado em consideração peça por peça, peso por peso, cabeça por cabeça, qualidade por qualidade. jogador por jogador. 

Vejamos.

Individualmente o Vitória ganha em quase todas as posições para o Bahia, que só tem Hernane. E para este (se jogar) temos Kieza. Vitor Ramos e Ramon são muito mais regulares do que a dupla de zaga do Bahia. Acredito que, pelo bom jogo da quarta-feira contra o Náutico-RR pela Copa do Brasil, Norberto, ganhou a posição na direita, mas o que Tinga mostrou até hoje para vencer essa disputa?

Dou empate devido Norberto ter retornado ontem. Agora a lateral esquerda: Diego Renan x Moisés é incomparável né?! Nem discuto. Amaral e William Farias, se for contar dupla de volantes de marcação, Feijão e Danilo Pires ficam no bolso. Pra mim os melhores (ou menos piores) volantes do Bahia são os da base Yuri e Gustavo Blanco, que não devem jogar. Vitória vence nas duas posições.

Do meio para frente, vamos lá: Domingues ou Juninho? Por Domingues estar retornando a jogar este ano, embora já o vejo em plena forma, darei Vitória a Juninho (para deixaram os tricolores mais esperançosos), Marinho x Edgar Junio da pra comparar? OK! Dagoberto (ou Alipio ou Vander) x Thiago Ribeiro. Como ainda há essa indefinição rubro-negra nessa posição, inegavelmente devido a irregularidade (pra não dizer ruim pra caralho!) de Vander ou retorno de lesão dos outros postulantes à vaga, darei crédito a Thiago Ribeiro, mas será que merece? E por fim, voltemos ao início: Lomba x Fernando Miguel (ou Caique, se Miguel não jogar), nome ganha jogo? Se ganhasse eu teria votado em Dagoberto e Domingues anteriormente. Empate no gol.

Sendo assim,

Vitória: 6 (Victor Ramos, Ramon, Diego Renan, Amaral, William Farias e Marinho)

Bahia: 2 (Juninho e Thiago Ribeiro)

Empate: 3 (Lomba x Fernando Miguel, Norberto x Tinga, Hernane x Kieza)

6×2 é um sugestivo placar.

Diante disso, quem tem a obrigação de vencer esse campeonato é o Vitória, digo os motivos:

1- ficou fora da Copa do Nordeste por incompetência da gestão anterior (não culpe nosso Mundico) e só se preparou para este campeonato até então. Copa do Brasil até então foi amistoso.

2- Por estar na série A (nem venha falar de estrela, nesse momento inoportuno, que te dou uma porrada haha)

3- Por ter feito melhores contratações (no papel).

4- (e talvez a mais relevante). Para não dar o prazer do tricampeonato ao Bahia, algo que não acontece há muito tempo e, friamente falando, não tem feito por merecer na última década. Ok, se o Vitória também não fez, que seja meio a meio e não 3 seguidos para vocês.

Agora, por outro lado, a maior pressão para o Bahia ganhar esse campeonato vem do seu presidente. Ele deve estar com o cu no ponto, já que nunca ganhou um BA-VI e fracassou na subida à série A ano passado e no Nordestão deste ano. E se vencer, tenho certeza que falará de boca cheia para sua torcida: “Viu!? Porra! Somos os melhores! Fizemos as melhores contratações! Estamos com uma base pronta para a série B. Apoiem seu presidente.” E isso pode ser muito mal para vocês… Não precisa eu justificar. Enfim, que vença o melhor ou o que tiver mais sorte.

SRN

Marcelo, torcedor do Vitória e amigo do Blog.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*