Bahia 4×0 Galícia: Jogo tranquilo, placar favorável

Bahia goleia o Galícia, mantém os 100% e garante a primeira colocação do Baianão.

Já classificados para a próxima fase do Baianão, Bahia e Galícia  fizeram um jogo de ‘compadres’ na noite desta quarta na Arena Fonte Nova. Em um primeiro tempo tranquilo, sem sustos ou sobressaltos, bom até para a arbitragem, com muita movimentação e trocas de passe, mas devendo em termos de criação e chances claras de gol, o Esquadrão teve grande domínio, mais posse de bola e competência na conclusão, e acabou recompensado com dois gols, marcados por Rômulo e Gustavo.

O primeiro nasceu aos 17 minutos, apôs cruzamento da direita de Hayner encontrando Rômulo livre para completar para o fundo da rede. O segundo era questão de tempo e teve início também na direita, lado forte do Esquadrão, com o jovem Cristiano recebendo fora da área e dando passe genial para Gustavo que matou no peito e estufou as redes do goleiro Robson aos 38 minutos. O destaque ficou por conta da divisão de base, 7 jogadores com passagem pela base entraram jogando e 3 no decorrer do jogo, com destaque para Cristiano de apenas 17 anos, autor da bela assistência para o segundo do tricolor.     

Na segunda etapa, o Galícia até esboçou uma reação nos primeiros instantes, mas o Bahia precisou de apenas 6 minutos para fechar o caixão, com Rômulo servindo Edgar Junio que não se afobou, esperou o goleiro cair e tocou no canto para deixar o jogo ainda mais tranquilo e favorável. Mesmo com o placar confortável, o Esquadrão não se acomodou e queria mais, o quarto até parou no travessão em chute de Jacó, mas não na jogadaça de Hayner que recebeu de Feijão na direita, cortou o zagueiro e tocou de esquerda. 4×0.

Depois disso, o baba ficou morno, sem emoções, o Bahia apenas administrou o resultado e o Galícia tentou os últimos suspiros em busca do gol de honra, mas ficou nisso mesmo. 4 a 0, 100% de aproveitamento na temporada, liderança antecipada do Campeonato Baiano e a consequente vantagem nas próximas fases da competição. E o principal: 4 jogos em branco, repito, sem sofrer gol, feito importante para uma defesa que iniciou o ano bastante contestada e criticada, e que pode aumentar na partida de logo mais diante da Juazeirense pela Copa do Nordeste.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*