Bahia Broca, Feijãosteiger brilha. Bahia 3×1 Juazeirense

18:50h e eu terminando o trabalho pra mandar pra chefa. Coloquei pra enviar o email, sai correndo pra Fonte Nova e já entrei umas 19:20h. Pensei que já ia pegar o jogo pela metade, mas o Pombo Sujo Lopez atrasou a partida até minha chegada. Moral da porra! Valeu, Juiz.

Em campo algumas novidades. Gustavo Blanco no meio, a estreia do Tinga na lateral e Feijão de novo em campo. Do outro lado o Submarino Amarelo do Rio São Francisco vinha todo fechado, num 4-5-1, mas pronto pra dar o bote.

Antes do jogo uma coisa bizarra. A Torcida Bamor gritando o nome de Valongo. Porra, Bamor, aí você pegou pesado. Pedir Gabriel Valongo já é apelação demais.

O jogo começa nervoso, com muitos erros de passe e jogadas estranhas. Feijão erra um domínio, os caras puxam contra-ataque, erram o passe, o Bahia tenta sair e erra de novo, uma coisa triste. Até que… Hernane pega a bola na lateral próxima ao meio de campo, o broder na arquibancada soltou um: que porra Hernane tá fazendo ali? O Brocador dá um lindo passe no meio pra Luisinho, que passa pra Blanco, que deixa pra Tinga dar uma porrada pro meio em forma de assistência pra Edgar Junio brocar. 1×0.

Depois um contra-ataque fulminante puxado por Juninho, conta com o erro do adversário que toca nos pés de Luisinho. Hernane veio voando do meio, mata com a esquerda e broca com a direita. 2×0.

Hernane, de novo ele, dá um balãozinho por cima da zaga e Luisinho sofre o pênalti. O Brocador abre mão da cobrança pra o companheiro fazer o gol e homenagear o pai falecido. Luisinho broca e aponta para o céu junto com os outros companheiros. Bonita homenagem. 3×0.

Brocança definida no primeiro tempo, o Tricolor volta pra administrar e se poupar. Tava tão fácil que Doriva colocou um jogador Café-com-Leite em campo pra equilibrar. Zé entrou e equilibrou mesmo a partida. Mas nivelou o Bahia pelo fraco futebol da Juazeirense. O jogo ficou feio e num ataque dos caras a bola desvia em Feijão e “mata” Gustavo. O povo quase invade o campo pra dar porrada no zagueiro, mas vendo o lance pela TV fica claro o desvio de Feijão.

Bem, o jogo foi isso. Agora o mais importante da noite, foi a participação de Feijão. O time todo se comportou bem (menos o Zé, a eterna promessa). Mas Feijão fez uma partida que honrou a camisa 5 do grande Paulo Rodrigues. O volante acertou todos os passes, desarmou várias sem falta, não tomou cartão amarelo, driblou (acredite) e fez lançamentos e viradas de bola fantásticas. Uma partidaça. Pra coroar a noite de glória, ainda tirou onda com meu amigo Marcos Valença, da Transamérica, afirmando que muitos da imprensa já não esperavam mais nada dele. Brocou! #ChupaValença kkkkkkkkkkk

Bora Baêa Minha Porra! Brocamos a 4ª partida em 4 jogos. Líder da nossa chave no Baiano e no Nordestão. O Brocador marcou de novo, o time jogou bem o primeiro tempo e puxou o freio de mão porque já tem jogo no domingo. Coisa de time que disputa as duas principais competições do primeiro semestre.

Ah, não posso esquecer. Galera, votem aí na enquete aí do lado, sobre quem seria o seu candidato a presidência do Bahia se a eleição fosse hoje, valeu?

PS. Abraços para os grupos do whatsapp Galera Tricolor ** e Apenas E.C. Bahia **. Ô povo que fala. E um axé pra galera das Embaixadas de Ilhéus e Barreiras. Só gente boa.

Deixe seu comentário

1 Trackback / Pingback

  1. 놀이터추천

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*