Festas grandiosas do Vitória e o “pirilito” de Lite

Bom domingo amigos e amantes do futebol. As turbinas já estão em “full power” (força máxima) para o início da temporada. Bom, se estamos suficientemente preparados e equipados para o que está por vir, há controvérsias. Mas, o tempo não para e a bola tem que rolar novamente. A ansiedade já cresce no seio (oia !) da torcida e espera-se o grande momento em que Bahia e Vitória medirão forças para sabermos quem melhor fez a lição de casa. Ontem, por exemplo, o Vitória começou bem e venceu por 3 x 0.

Festas Grandiosas

Como diria aquele bordão de um famoso e velho programa humorístico: “Quem não está acostumado, estranha !. E não é que tanto Bahia, quanto Vitória fizeram grandes e bem organizadas festas para marcar o início da temporada ? Para quem nunca viu este fenômeno, assistiu e gostou. Foi um sopro de esperança, uma organização e grandiosidade que fizeram cada um de nós pensar: Podemos ser grandes !. Até li um comentário no blog dizendo: “parecia NBA” rsssss.

Claro que nem tudo são flores e nem tudo foi perfeito. O público,por exemplo, esteve aquém do esperado para o tamanho da festa. Pode-se culpar a insuficiente divulgação, a falta de grandes contratações, etc. Mas, é importante lembrar que este é um ritual que precisa cair no gosto e no costume do torcedor. Os comentários, a repercussão do evento e eventuais ajustes podem, certamente, contribuir para que o público mais e mais aproveite e abrace espetáculos festivos desta natureza.

Iniciativas como estas é que continuamente cobramos no blog. Não que isto resolva grandes problemas ou, muito certamente, não resolve nenhum. Mas cria um novo atrativo e demonstra que as administrações dos nossos clubes começam a entender melhor que precisam vender o espetáculo de uma forma diferente, mais profissional. Imaginem se estas festas fossem realizadas com a nossa dupla dinâmica apresentando boas contratações e no meio delas, pelo menos, um grande jogador ? Quantas camisas seriam vendidas, quantos ingressos ? Quantos planos de sócios poderiam ser vendidos pela euforia que a celebração poderia trazer ?. Imaginem se fosse feito um torneio quadrangular com a dupla BaVi e dois times internacionais ? Idéias não faltam. Precisamos experimentá-las e continuamente melhorá-las. Ambas as torcidas estão ávidas por novidades que engrandeçam e valorizem nosso futebol. Tanto é assim que, sem nenhuma contratação e impacto, nós nutrimos aquela de que melhores jogadores venham e ou times possam competir em melhor nível.

Esta é a antítese da mesmice, do “não temos dinheiro para competir com os grandes”. Alguma potencialidade temos e faz-se urgentemente necessário aprender a explorá-la. Sei, amigos, que foram somente duas festas bem organizadas, mas foi um bom e bem executado exercício de criatividade e organização. Plagiando o slogan de Obama: Yes, we can !

O lado técnico dos jogos conta pouco, foram festas e não jogos, na realidade. Portanto, seria injusto e inútil realizar análises aprofundadas sobre o desempenho de cada equipe. Seguimos torcendo e esperando que os times se reforcem mais ( no mínimo 6 jogadores para cada !) e que possam representar bem o Estado nas competições ao longo do ano. Mas, sem esquecer da rivalidade e como diria o direto e certeiro comentário do Dinensen: Que o Bahia acerte e que o Vitória erre ! (bom, no meu caso, eu preferiria o vice-versa… rssss).

O “Pirilito” de Lite

Bom, como as controvérsias não podiam ficar de fora dos festejos, de um lado, falou-se que o Bahia contratou e fez desfilar na sua festa o Robocop gay (kkkk). Do outro lado, nosso folclórico proprietário do Sitio Arca de Noé (calma pessoal, o sítio não fica em Atibaia ! rsss) e dono do insofismável peru tromba (Peru ?? Vixe !) não podia ficar pra trás e sapecou a pérola de intitular a camisa do Vitória de “Pirilito” de Acerola. Claro que, saído do bunker, nosso guerrilheiro tentou sem sucesso atribuir este apelido à minha pessoa. Aliás, nosso estimado amigo disse que fica muito assustado quando passa por um Car Wash (??). Perguntado porquê, ele disse com sua insofismável galhardia (pedi pra para, parou !! calma “nininos”, nada a ver com galha… rsss) de menino que estudou em colégio de padres: Eu gosta das coisas bem tranquilas, bem vagarosas, nada, assim, à jato ! kkkkkkk.

Com todo respeito ao nosso bom Lite e em função de adequar o criativo e imbatível apelido à sua origem, permita-me fazer uma pequena modificação no mesmo. Sugiro que seja Pirilite de Acerola (kkkkkkkk) assim fica mais condizente e torna inequívoca sua paternidade.

Saudações do Vitória da Bahia, nosso Leão da Barra, primeiro lugar até em Vitamina C (oia), já o vice (campeão em ômega 3)…

Filba – Torcedor do Vitória e amigo e parceiro do BLOG 

Deixe seu comentário

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*