Macaé 0 x 0 Bahia – 5ª rodada do Brasileiro Série B

Macaé e Bahia foi um jogo com a cara da série b. Muita transpiração e pouca inspiração. Alias, um jogo que engana os menos avisados. Pela correria dos dois times, pela disposição dos jogadores e pela dinâmica do jogo, parece que foi um jogaço. Mas quando vc pensa que o goleiros fizeram uma ótima partida, e por isso o 0x0, você pensou errado.

O jogo foi feio. Quase não teve chute a gol. A bola não ia, quando chegava, era fraca. O Bahia finalmente sentiu a falta dos seus desfalques. Léo Gamalho e Zé Roberto juntos, não funcionou. Aliás o Zé continua muito delegado. Gamalho é tão lento e desatento que parece até estar jogando um baba com as crianças no parque. O cara não demonstra vontade, raça, fica com uma empáfia insuportável. Se acha mesmo o Ibrahimovic do Nordeste, mas está mais pra Wesley Safadão. Uma lástima.

O meio, agora com Souza e sem Pittoni, esteve longe de encantar como vinha fazendo. Rômulo se destacou entre os titulares, agora como meia. Iuri fez bem o papel de volantão. Lembrou Fahel cobrindo os zagueiros. Souza voltou com vontade, mas parece que veio sem força no chute. Tiago Real foi mais uma vez uma decepção.

O fato é: ninguém esperava um Macaé tão bem encaixado como encontramos. Eram 3 pontos certos na tabela. Só esqueceram de combinar isso com os caras. O camisa 8, o tal do Juninho, jogou mais que todo mundo. A sorte é que Pipico (que nome mais miserável…) estava numa noite pouco inspirada e pouco abusou Douglas. Aliás, Douglas Pires fez apenas 1 defesa difícil. 

No segundo tempo o jogo esfriou e eu quase cochilei. Mas se tivesse dormido e acordado no fim da partida, também não iria interferir em nada a resenha. Não teve nada demais.

Bora Bahia Minha Porra! Ainda no G4, mas agora em terceiro. Nada a lamentar, apenas a esperar pela volta do time completo. Com a possível não renovação do contrato de Kieza acende-se uma luz vermelha lá na frente. Gamalho, provou que deve mesmo ser banco do inconstante Zé Roberto. 

Antigamente a gente cobrava a utilização dos meninos da Base. Hoje a gente vê os caras jogando como titulares e não aproveitando as oportunidades. Uma pena. 

Parabéns ao Bahia pelo novo patrocinador. A 99taxi. Bora todo mundo baixar o app pra dar uma moral e fazer a “ativação” do patrocínio do Tricolor. Afinal, são parceiros do Esquadrão! 

FALTAM 53 PONTOS PARA SAIRMOS DESSE INFERNO

Deixe seu comentário

1 Trackback / Pingback

  1. best way to learn

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*