Dr. Reub Celestino vai atrás de justiça ou vingança?

Dr. Reub colocou o Bahia na justiça por verbas trabalhistas como se demitido fosse. Mas, público e notório foi o pedido de desligamento do Bahia feito pelo próprio Dr. Reub Celestino feito pelo mesmo na época da gestão “tampão” do presidente Fernando Shimidt. Fartamente veiculada na época o desligamentos se deu por parte da contrariedade do qualificado profissional com interesses que para este o desagradavam. Sentiu-se então desprestigiado na antiga gestão de Shimidt e pediu para sair. 

Surge então através de uma reclamação trabalhista protocolada na justiça do trabalho uma nova versão que o Dr. Reub foi demitido. Como isso pode acontecer? Há claramente uma versão que não pode prosperar. A justiça precisa ir atrás da verdade. A verdade na justiça do trabalho não é a formal dos documentos frios. Tal ação parece até coisa do mesmo time dos derrotados defenestrados da presidência e do conselho pela justiça.

Será, todavia, uma luta por meios idôneos, judicial, mas certamente uma parte está ferida. Mostra vaidade quem agiu pela imprensa para mostrar que nao foi demitido, mas pediu demissão. Ou será que Shimidt com ares de cavalheirismo quis salvaguardar o currículo de um amigo querido evocando as boas relações personalistas que vigoraram na Bahia desde o descobrimento? Espero que a verdade seja buscada para que a pobre instituição endividada Bahia não sofra com essas incursões de quem não precisa do Bahia.

PS.: Mais um capítulo das eleições perdidas parecem que ainda assistimos.

Veja detalhes

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*