Vitória faz coletivo para observar os novos contratados

Com um coletivo entre profissionais e sub-20, realizado na manhã deste sábado, o técnico interino Wesley Carvalho observou o meia Pedro Ken e o zagueiro Guilherme Mattis. Os dois recém-contratados não participaram do jogo contra o Bragantino, sexta-feira, por motivos diferentes.

Guilherme Mattis por força de acordo entre os clubes: ele foi emprestado ao Vitória pelo Bragantino. Pedro Ken somente neste início de semana terá seu nome publicado no BID-E (Boletim Informativo Diário-Eletrônico) da CBF.

A goleada de 4 a 1 sobre o Bragantino deixou o ambiente menos tenso entre os jogadores. Neste sábado, aqueles que atuaram por 45 minutos se limitaram a atividades na academia de musculação. O meia Escudero, substituído no intervalo após sentir uma dor no músculo adutor da coxa direita, fez tratamento, exercícios na academia e correu em torno do campo do Barradão.

O coletivo de 100 minutos foi dividido em dois tempos de 50 e Wesley inovou: o time profissional jogou com um a menos nos dois tempos.
No primeiro, empate de 3 a 3: gols de Dakson, duas vezes, e Jorge Wagner cobrando pênalti. Rafaelson, Ruan Café e Douglas marcaram para o sub-20.

O time: Wilson; Romário, Matheus Salustiano, Guilherme Mattis e Mansur; Amaral, Dakson e Jorge Wagner; Gabriel Silva e Léo Ceará.

No segundo tempo, vitória do profissional com um gol de Gabriel Soares. O time: Gustavo; Guilherme, Ednei, Saimon e Euller; Marcelo, Gabriel Soares e Mauri; Pedro Ken e David.

Neste domingo comparecerão ao clube os jogadores que necessitam de tratamento médico e os que precisam de um melhor condicionamento, a exemplo do volante André Castro, que veio do Audax de São Paulo.

Deixe seu comentário

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. vinci cryptomessenger
  2. เซ็กซี่ บาคาร่า

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*