Bahia x Vitória da Conquista: triunfo do Bahia é ZEBRA

O Vitória da Conquista está com uma das mãos na taça de Campeão Baiano de 2015 e somente aquelas assombrações que acontecem em 20 em 20 anos, será capaz de evitar o primeiro título do clube conquistense que, diga-se, se confirmado, será merecido, quando levando em consideração o parâmetro fundamental da melhor campanha, da invencibilidade e, sobretudo, pelos dois triunfos já conquistado em cima do próprio Bahia, só este ano, sendo o último de forma inapelável e que não deixou dúvida de quem não merece o título.

Uma vitória do Bahia por 3 x 0 gols de diferença, e a consequente conquista do título de bicampeonato,  é possível sim, mas é zebra e escapa  do raciocínio lógico, a despeito de qual é, ou será, sua preferência nesta decisão do Campeonato Baiano no próximo Domingo.

O provável campeão baiano já desembarcou em Salvador, desde quarta-feira, após oito horas de estrada e, além de trazer Tatu, Viáfara, Apodi, Fausto e André Beleza, trouxe também o verde da esperança e a empolgação do povo conquistense, que bota fé e fará figa da façanha, que será inédita na história do clube.

O Presidente Ederlane Amorim, prudente como antes, confiante como sempre, acredita que tudo está conspirando para o título do Conquista neste domingo (3 de maio). Segundo ele, “Bahia de Feira e Colo-Colo já provaram que isso é possível, sendo campeões dentro de Salvador. Tudo está conspirando pra que esse momento possa ser do nosso time”.

“A campanha, a regularidade que estamos mantendo nessa competição, temos 23 pontos, o Bahia tem 22, temos a melhor defesa do campeonato, o melhor ataque. Então está tudo convergindo para que a gente para que as coisas possam acontecer”, disse.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*