Pode ou não? A polêmica do “pau de selfie” no estádios

No Brasil, quando algo vira moda, geralmente tem suas polêmicas, e opiniões divididas. É assim com o selfie stick, popularmente chamado no Brasil de “pau de selfie”, ou “bastão de selfie”, acessório que virou febre, utilizado para tirar fotos e tem feito bastante sucesso neste verão.

A pergunta que não quer calar. Pode ou não ser usado nos estádios em jogos do Campeonato Baiano 2015? A Federação Bahiana de Futebol havia liberado, mesmo antes da resposta da Polícia Militar da Bahia, alegando que o uso deste acessório não traz consequências maiores ao público no que diz respeito aos incidentes. Mas nem demorou muito e a PM-BA emitiu um ofício à FBF proibindo o uso do objeto nos estádios baianos. 

Segundo a PM-BA, por ser feito em sua maior parte de aço inoxidável, considerado um material rígido, o bastão de selfie se enquadra a relação de objetos que podem ser utilizados para a prática de atos violentos dentro das praças esportivas, se baseando no artigo 13-A do Estatuto do Torcedor, que afirma ser “proibida a permanência de torcedores em estádios portando objetos bebidas ou substâncias proibidas ou suscetíveis de gerar ou possibilitar a prática de atos de violência”.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*