Bahia e Vitória lideram a Seleção “Bola de Lata”

Campeonato Brasileiro, a entrega dos prêmios ao melhores jogadores da competição, conhecidos como “Bola de Prata” e “Bola de Ouro”. Este ano foi colocado em votação também o “Bola de Lata” para os piores atletas da competição nacional.

Rebaixado, o Bahia marcou presença na seleção com quatro jogadores, são eles o goleiro Marcelo Lomba, o lateral-esquerdo Guilherme Santos, o meia Marcos Aurélio e o atacante Henrique. 

O Vitória também não ficou atrás, e escalou dois jogadores na seleção dos piores. O volante José Wellison e o lateral Ayrton. Além dos dois atletas, o ex-técnico do Leão, Ney Franco, foi considerado o pior treinador da Série A.

Não sei em que se baseiam os jornalistas para apurar essa votação, mas isso é consequência do ano pífio, vergonhoso, da dupla Bavi. Mas se realmente tem alguém que merece o troféu de lata é a diretoria de Bahia e Vitória, pela péssima administração, incompetência e falta de comando.   


Confira como ficou a seleção do ‘Bola de Lata’:

Goleiro: Marcelo Lomba (Bahia) 5.61 – 37 jogos

Lateral direito: Ayrton (Vitória) 5.22 – 16 jogos

Zagueiro: Dankler (Botafogo) 5.22 – 18 jogos

Zagueiro: Danilo (Sport) 5.32 – 19 jogos

Lateral esquerdo: Guilherme Santos (Bahia) 5.20 – 25 jogos

Volante: Wendel (Sport) 5.19 – 29 jogos

Volante: José Welison (Vitória) 5.23 – 20 jogos

Meia: Ibson (Sport) 4,81 – 16 jogos

Meia: Marcos Aurélio (Bahia) 5.26 – 17 jogos

Atacante: Yuri Mamute (Botafogo) 5.00 – 17 jogos

Atacante: Henrique (Bahia) 5.04 – 23 jogos


Técnico: Ney Franco (Vitória)

Fellipe Costa

Deixe seu comentário

1 Comentário

5 Trackbacks / Pingbacks

  1. https://intmark.pl/
  2. 카지노게임사이트
  3. Sauna for Sale
  4. sexy baccarat
  5. Surfwearhawaii

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*