Bahia e a Penalty avança em negociação

Bahia irá anunciar em dezembro deste ano, a substituta para NIKE, como fornecedora de material esportivo, e a Penalty é uma forte candidata. Hoje, segundo o site o Máquina do Esporte, o clube já discute termos do contrato e da entrega de uniformes com a empresa.

Oficialmente, as versões se desencontram. Carlos Saraiva, diretor de relações esportivas da Penalty, diz que a fornecedora “não negocia com nenhum clube brasileiro”. Já Lênin Franco, gerente de negócios do Bahia, conta que o time “está no mercado ouvindo propostas de várias empresas, inclusive da Penalty”. Fato é que a negociação entre ambos os lados está mais avançada do que clube e empresa podem admitir publicamente.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*