Após vexame na copa, CBF perde patrocinador alemão

A CBF perdeu um dos principais patrocinadores depois da Copa do Mundo de 2014, em que a seleção brasileira protagonizou o maior vexame de sua história, ao perder por 7 a 1 para a Alemanha nas semifinais. O contrato com a Volkswagen acabou e não foi renovado. 

A marca da montadora já sumiu do site da entidade e não vai mais aparecer nos banners em frente aos quais os jogadores dão entrevistas. Nos corredores da entidade tem sido difícil evitar a piada que se trata de uma fábrica alemã. E de fazer Gol.

É bem provável que a Chevrolet, que já patrocina vários estaduais pelo país, substitua a Volkswagen.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*