“Foi muito sofrimento”, diz Lionel Messi

Quem acompanha a Copa de 2014 já está acostumado com partidas duras, decididas só no finaliznho, com adrenalina em altas quantidades. A tarde desta terça-feira foi a vez de a Argentina passar aperto para garantir vaga nas oitavas. A vitória sobre a Suíça veio com um gol de Di María aos 12 minutos do segundo tempo da prorrogação. A partida, ou o calvário, foi um sofrimento, segundo Lionel Messi.

“Fiquei nervoso porque não conseguíamos marcar e qualquer erro poderia nos eliminar da Copa. Não queríamos chegar aos pênaltis e tínhamos que definir na prorrogação. Pensava um pouco de tudo: ‘vou tentar alguma coisa, talvez vou tentar passar’. Foi muito sofrimento. A forma como a partida evoluiu, foi muito sofrimento. Mas assim é o futebol: tivemos a sorte ao nosso lado, temos que tirar vantagem disso e seguir adiante”, disse o jogador eleito quatro vezes o melhor do mundo.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*