Jornalista critica lista de árbitros da Copa

O repórter do jornal norte-americano The Wall Street Journal Joshua Robinson vem pesquisando o processo de seleção dos árbitros para a Copa do Mundo e garante que há um grande problema com os critérios da Fifa. Robinson diz que a entidade busca alcançar mais um equilíbrio global, em vez de priorizar a real experiência dos profissionais selecionados. 

A opção faz com que muitos árbitros que começam a Copa do Mundo não tenham a experiência e a qualificação necessárias para atuar em um Mundial. O artigo de Robinson destaca ainda que, dos 33 árbitros selecionados para atuar na Copa, 24 nunca apitaram um jogo com times ou jogadores muito importantes. Em contraste com os procedimentos de qualificação que as seleções precisam se submeter, disputando eliminatórias regionais para entrar na Copa, na área de arbitragem a Ffifa escolhe os juízes entre os membros de associações, ignorando seus desempenhos.

Embora Robinson admita a complexidade do esporte, ele afirma que “torna-se difícil afirmar oficialmente que os árbitros menos experientes não estão sujeitos ao erro”. “Todos os olhos estarão sobre esses árbitros inexperientes”, escreveu.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*