Deu pane… Cadê o futebol do Bahêa?

O adversário, o limitadíssimo time da Chapecoense, que havia perdido 5 jogos no campeonato e estava na zona de rebaixamento, não teve dificuldades para derrotar o esquadrão. Com liberdade para jogar pela direita de seu ataque, lado direito da defesa tricolor, o time de Santa Catarina foi letal nos contra golpes que armou no segundo tempo. Marcou dois e poderia ter feito mais na frágil defesa do Bahia.

Ai, começam vários questionamentos do torcedor: 1) Por que o técnico MS tirou Pará da lateral esquerda, se o rapaz vinha produzindo bastante nos jogos? Por que a preferência por Branquinho, quando nitidamente se percebe que o jogador não tem condições de vestir a camisa do Bahia? 3) Por que o time e os jogadores adotaram uma postura tão medrosa nas últimas duas partidas? 4) O que é que está acontecendo com o tricolor, que de uma hora para outra deixou de jogar futebol? 5) Cadê a diretoria com os reforços? Todos estão sinalizando sobre a necessidade de um atacante de área desde o Baianão e ninguém mais competente chegou para assumir a camisa 9 tricolor.

A preocupação é ainda maior porque os adversários que venceram o tricolor nos dois últimos jogos foram fracos. E me desculpem a sinceridade, mas o Santos, com todo o nome e tradição que tem, é limitadíssimo e veio todo “armengado” para jogar em Feira de Santana. Enquanto isso, o Bahia inexistiu. Sobre a Chapecoense, eu prefiro nem comentar. Se o Bahia se respeitasse, não perderia para um time desse.

O fato é que o Bahia simplesmente está desapontando o seu torcedor, com essa queda abrupta de produção. Não acredito que as ausências de Lincoln, Rainer e Diego Souza sejam desfalques tamanhos, capazes de provocar tamanha queda no rendimento e na qualidade técnica do tricolor baiano.

Então, mais uma vez parece que teremos que conviver com a eterna luta contra o rebaixamento, porque pensar em Libertadores está uma realidade cada vez mais distante. Título, então, deixe eu ficar quieto para ninguém me chamar de louco. O time do Bahia vai provocar é muitas decepções e sofrimentos para o seu torcedor, senão tomar “vergonha na cara” e se não voltar a jogar futebol.

O torcedor, infelizmente, é quem paga o preço. Vai para a Copa do Mundo sem estímulo algum, passando um mês e meio temeroso com o que pode acontecer com os rumos do time em campo, neste ano de 2014. Esse torcedor que está apoiando a diretoria e se associando ao clube quer um time diferente, que se imponha e mostre que é grande.

Com oito jogos e apenas dois triunfos, o Bahia vai agora se preparar para enfrentar o Sport, em plena Ilha do retiro. Dessa vez, temos que informar que um bom resultado ajuda o Bahia apenas a se distanciar da zona perigosa. Infelizmente, o triunfo não significaria nem mesmo uma colocação entre os dez times da parte de cima da tabela. E assim, o tricolor vai para o recesso da Copa.

Vinicius Sampaio.

Deixe seu comentário

5 Trackbacks / Pingbacks

  1. p3277#forum.krajowy.biz
  2. 카지노사이트
  3. 바카라사이트
  4. i99bet
  5. ซี ฉัตรปวีณ์ ตรีชัชวาลวงศ์

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*