3 volantes, 3 derrotas. Chapecoense 2×1 Bahia

Domingão na Bahia. Depois de comemorar os resultados do sábado, volto da festa de minha sobrinha correndo pra assistir o Tricolor de Aço em casa. Cheguei tarde e peguei o jogo com 5 minutos de jogo. Aí a pergunta se fez: que miséria Marquinhos Santos tem na cabeça pra entrar em campo com 3 volantes contra a Chapecoense? Quer dizer, se com um time da zona de rebaixamento ele coloca 3 volantes contra o Cruzeiro vai colocar 11 zagueiros? O resultado do primeiro tempo foi o óbvio. Um jogo ridículo.

O Bahia chutou 4 vezes com Anderson Talisca. Aliás, Talisca tem de tomar uns cascudos e procurar um psicólogo. Parece que a fama subiu rápido demais o juízo. Uma máscara e uma displicência absurda para finalizar as jogadas. Algo tão absurdo que lembrou Hélder (por sinal, que Deus o guarde lá no Coritiba, ele arrebente e feche por mais 10 temporadas). Talisca não faz nada que preste desde o gol no Flamengo.

Vamos passar pro segundo tempo logo porque o primeiro foi uma porcaria.

Na segunda etapa a gente esperava, no mínimo, que o Sr. Marquinhos fizesse o de sempre. Tirar um volante e colocar Barbio. Mas esperar lógica de cabeça de treinador, é querer demais. Ele voltou com o mesmo time ridículo que escalou no primeiro tempo.

Mas como diria meu amigo Sandro Rocha, a bola castiga. Numa jogada de lateral no ataque dos caras, mesmo com 3 volantes, NINGUÉM marcou o atacante da Chapecoense na entrada da área. Golaço!

Aí se esperava, novamente, que ele fizesse o básico. No mínimo o que ele fazia antes. Mas não. Tirou o único meia que funcionava pra colocar Barbio. Porra! Por que diabos manter um esquema que nunca deu certo no Bahia, com 3 volantes e segurar Pitonni, que estava errando muito?

Depois, Marquinhos, inspirado, fez outra besteira. Trocou Maxi pra colocar Henrique. Ou seja, tirou um zero e colocou um nulo. Porque diabos, de novo, não tirou o volante?

Eis que o time de 1 goleiro e 7 defensores deixava o centroavante dos caras livre. Resultado, Alemão pega a bola livre de marcação e toca por baixo de Lomba. 2×0 com justiça. 

Aí, com a vaca toca mergulhada no brejo, ele resolveu tirar o maldito do 3º volante e colocar um meia. Depois disso o Bahia pressionou e fez o seu gol sem honra. Já no finzinho Demerson faz um belo gol que só serviu pra não deixar a Chapecoense passar o Bahia na tabela.


Bora Baêa Minha Porra! Perdemos para um dos piores times do campeonato. E o pior, estamos 1 ponto acima dos 4 times da Zona. Coritiba, kkkkkkkk, Flamengo e Figueirense. Claro que ainda podemos assistir a Copa do Mundo brigando pela parte de cima, basta pra isso vencer o Sport. Mas com 3 volantes e 5 reservas, as substituições de MS, jogando o que jogou em Feira e em Chapecó, não ganha nem os ridículos times do Z4.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*