Parceria entre Vitória e Bahia de Feira pode acabar

A diretoria do Bahia de Feira pode terminar com a parceria com o Vitória. Isso porque a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) ainda não se pronunciou, sobre a mudança de nome para Esporte Clube Feira de Santana, solicitação feita no meio do ano passado.

O vice-presidente do Vitória, Epifânio Carneio, mantém a expectativa sobre a continuidade no acordo firmado com o Bahia de Feira. No entanto, o dirigente sabe que as chances da parceria continuar são mínimas.

“Estamos esperando uma definição para essa questão do Bahia de Feira. A CBF não aceita que se faça parceria entre dois clubes que disputam a mesma competição. Se nesse caso chegar a confirmação, a parceria vai ter que ser desfeita”, disse o presidente ao GE.

Epifânio Carneiro, contudo, deixa claro que, mesmo se a parceria for desfeita, o Vitória tem interesse em desenvolver trabalhos conjuntos com o Bahia de Feira e emprestar jovens atletas para o Tremendão, como já foi feito neste ano.

“Temos um bom relacionamento com o pessoal do Bahia de Feira. Eles fazem um bom trabalho com nossos atletas formados nas categorias de base. Existe o interesse em manter isso”,afirmou o vice-presidente rubro-negro.

A mudança de nome, cores, escudo e até mascote do Bahia de Feira depende do aval da CBF. Segundo os planos desenvolvidos pelo clube no primeiro semestre da temporada passada, o azul, vermelho e branco daria lugar ao vermelho e preto. A mudança teria como objetivo criar um laço mais forte entre o cidadão feirense e a agremiação.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*