Vitória bem na fita.

Há muito tempo que não temos um início de campeonato brasileiro tão tranquilo. Rubro-negro esta se saindo muito melhor do que era esperado pelos seus torcedores. Sei que é MUITO cedo para se achar que esta tudo perfeito. Esta sob controle, mas longe de ser perfeito. 

O miolo da zaga continua dando bragas e mais bragas. E as laterais, continuam ineficientes, principalmente sem os dois “titulares”. Danilo Tarracha só faz o óbvio e Dimas, infelizmente, nem isso. E a tendência é a coisa ficar complicada, já que esta engatilhada uma possível negociação de Mansur para o exterior. Agora possivelmente vamos precisar de DOIS laterias esquerdos. 

Louvável também a atitude da direção quanto a dispensa de quem não agrada. Come e dorme aqui não. Contratou, tentou, deu chances. Não deu certo, volta para casa. Obrigado, mas tchau. David Braz entregou a Copa do Brasil, Cardozo não disse para que veio, Marcos não acertou UM cruzamento no ano todo e Giancarlo teve mais chances que Lúcio Maranhão, que já tinha ido, e também não mostrou qualidade. Foi uma aposta que não deu certo: paciência. 

Mas também temos que o que elogiar. Os gringos estão comendo a bola. Maxxi Biancucchi é o cara, sendo o melhor jogador estrangeiro em atividade no Brasil na atualidade, de acordo com a agência espanhola de notícias EFE. Ele é o grande destaque do Leão no início da competição com quatro gols marcados. Escudero está na segunda posição da lista, enquanto o volante paraguaio Cárceres, que também atua no rubro negro, está na sétima colocação.

E olha que temos por aqui gringos da marca de Seedorf, D’Alessandro, Fórlan, Marcelo Moreno, Barcos e Montillo, só para citar alguns.

Outra grata surpresa é o goleiro Wilson. Depois de um início um tanto quanto vacilante, esta pegando tudo. Deola vai ter muito trabalho para ter de volta a camisa 1. 

Agora, com esta pausa, espero que a direção do Vitória contrate logo os jogadores prometidos, para que estes peguem ritmo de jogo neste mês de paralisação.

SRN.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*