Atacante do Vitória em fase de recuperação

Depois de corre pela manhã em torno do campo do Barradão, o atacante
Dinei, na tarde desta sexta-feira, deu início à fase de transição com o
professor Lucas Vinícius. O artilheiro treinou no campo 2 do CT Manoel
Pontes Tanajura. 

Quem também treinou no campo foi o lateral-direito Nino. Pela manhã,
ele foi submetido a um trabalho especial no aparelho isocinético e à
tarde correu em torno dos campos do CT. 

Os demais jogadores – excetos Mansur e Neto Coruja, que seguem um
esquema de treino controlado – participaram de um treino físico com o
preparador Solivan Dalla Valle e seu assistente Júlio César Sacramento. 

Neste sábado, pela manhã, os jogadores voltam a treinar no CT e serão
liberados em seguida. O domingo será de descanso e segunda-feira
atividades em dois períodos. Aniversariante desta sexta-feira, o volante Edson Magal, revelado na
divisão de base e campeão sub-20 da Copa do Brasil, foi agarrado e
atirado pelos companheiros em uma poça de água.

Treino pela manhã 

Nesta sexta-feira, pela manhã, Caio Júnior comandou mais um
treinamento técnico, desta feita no Barradão, utilizando somente metade
do gramado e com duas traves na linha divisória do meio-campo. 

Caio escalou dois times – camisa cinza e colete laranja – e mais um
jogador de colete verde, com a função de “coringa”. A finalidade do
treino técnico-tático é a posse de bola e um dos times podia fazer gol
nas duas traves. Cada time contou com 12 jogadores. 

O time laranja teve: Dimas, Gabriel Paulista, Victor Ramos, Danilo
Tarracha, Michel, Cáceres, Renato Cajá, Escudero, Maxi Biancucchi,
Rômulo e Pedro Oldoni; o cinza com: Marcos, Reniê, Fabrício, Matheus
Salustiano, Edson (Luís Alberto, que iniciou na função de coringa),
Gabriel Soares, Willie, Vander, Marquinhos, Alan Pinheiro e Giancarlo. 

Ainda em fase de fortalecimento muscular, o atacante Dinei deu voltas em torno do campo do Barradão. 

O volante Neto Coruja e o lateral-esquerdo Mansur fizeram trabalho
inicialmente na fisioterapia e depois na academia de musculação. O lateral-direito Nino, por sua vez, foi submetido a uma atividade no
aparelho isocinético, sob o comando do fisioterapeuta Anderson Araújo e
completou o trabalho na academia.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*