É CAMPEÃO.

Como já era esperado por 99,9% dos torcedores baianos – só quinze sofredores de Itinga ainda acreditaram – o Vitória conquistou mais um título baiano. Os quase 38.000 torcedores rubro-negros presentes, que não tiveram medo da chuva e do frio, fizeram a festa, empurraram o time e comemoraram o título, mais que merecido, do Baianão 2013. 

Foi um início de jogo pegado, já que por conta da chuva o campo estava pesado e até certo ponto maltratado e os jogadores não conseguiram mostrar muita coisa. Três lances para destacar: depois de uma cobrança de escanteio de Cajá, a bola sobrou limpra para Gabriel Paulista, que isolou. Pouco depois, em uma jogada pelo lado direito a bola sobra para Dinei, que fez o primeiro  gol do jogo e pouco depois, em um cruzamento pelo lado esquerdo Dinei disputou a bola com Omar, tendo Jussandro salvo o gol certo em cima da linha. 

No segundo tempo, o Vitória voltou com o pé no freio, talvez não querendo humilhar o já humilhado time da região metropolitana, talvez não querendo se cansar, já que tem compromisso ja na próxima quarta-feira, pela Copa do Brasil. 

E o marasmo custou caro. Em um lance onde a zaga rubro-negra fez uma linha burra (burra mesmo), Fernandão empatou.

Final de jogo, 1 X 1. E foi só comemorar.

Valeu Leão. 

O que falar? É esperar a volta Olímpica e despois curtir o Araketu, na porta do estádio.

E só para não passar em branco: 

Hélder, você não devia reclamar do campo, como o fez no intervalo do jogo. Lembre que jogou na Arena 3 vezes, perdeu as 3, 2 de goleada. Tomou 14 gols e fez 5. 

SRN.

Deixe seu comentário

3 Trackbacks / Pingbacks

  1. agen idn poker yang resmi
  2. valentino shoes replica
  3. 카지노사이트

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*