Crônica de uma caxirola anunciada

Sempre guiado pela descrença, relutei em acreditar até à undécima hora.
Porém, quando o ponteiro do relógio cravou 40 minutos da segunda etapa,
finalmente caiu a ficha. E o meu mundo também. O Ba x Vi, a Mãe de Todas
as Batalhas, não existia mais. A tragédia estava consumada. O clássico
acabara de ser assassinado. 

E o crime ia muito além da dilatação do
placar. Era algo extremamente mais grave – até porque uma goleada, num
jogo deste naipe, apesar de rara, acontece. Inadmissível é um time ser
sovado impiedosamente sem ter a HOMBRIDADE de esboçar qualquer reação,
seja uma dedada no fiofó, cuspe na cara ou mesmo um mísero beliscão.
Esta inércia é a prova cabal e definitiva de que tal equipe abdicou do
desejo de perpetuar a rivalidade. (Eis o crime inafiançável).  Continua aqui.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*