Bahia x Bahia de Feira: Quase decisão

Após a rodada do último Domingo, com o triunfo do Juazeiro em cima do Vitória, se ateou fogo na rodada desta quarta-feira do Campeonato Baiano, que será importantíssima, e que deve transformar o BA-VI do próximo Domingo, em uma autêntica decisão, que vai definir a classificação de um, ou de outro, ou ambos, até mesmo, criar uma remota possibilidade de desclassificação de Bahia e Vitória, fato que, acontecendo, será uma nova edição da morte da Bezerra. 

O Bahia, mesmo praticando um futebol de baixa qualidade desde o ano passado, só precisa vencer o Bahia de Feira, hoje à noite, que estará praticamente classificado, especialmente se o Botafogo-BA não derrotar o Juazeirense, no Antonio Carneiro, Alagoinhas, às 20h30, também desta quarta-feira. Neste cenário bem provável, o resultado do BA x VI será, ou seria, o regulador que definirá o Bahia em primeiro ou segundo colocado do Grupo 2. 

Os cenários de possibilidades são multíplice, obrigando o torcedor a um enorme exercício disso e aquilo ( se/se/se…), se perder, por exemplo, pode cair para o 3º lugar, caso o Botafogo ganhe e, ai, vai precisar vencer o Ba-Vi e depois torcer contra o Botafogo-BA, ou contra o Juazeiro, no domingo, caso este não vença nesta quarta. Outro exemplo: se empatar, ai vai rezar para o Botafogo-BA perder para o Juazeirense e o Vitória saia vitorioso contra o Feirense. 

Portanto uma matemática que somente MacGyver, com sua poderosa Facit último modelo movida a gasolina, seria capaz de processar de forma clara e sem esquentar o juízo, para algo que saberemos em algumas poucas horas, ainda que entenda que, este tipo de “aritmética”, é matéria básica e obrigatória, que deve ser aplicada durante o longo período da luta sem trégua do Bahia, para fugir do rebaixamento, no Campeonato Brasileiro, que se aproxima em uma espécie de pré-sofrimento. 

O certo é que o Bahia com seus torcedores de preto, com ou sem protesto, precisa vencer o Bahia de Feira e o Vitória também e, depois, torcer para que o Juazeiro perca um ponto nos jogos contra Vitória da Conquista, nesta quarta-feira, ou no clássico local, no próximo Domingo, contra o Juazeirense para fazer as decisões das semifinais contra Botafogo-BA ou Juazeiro, no Estádio da Fonte Nova, amparado pelo benefício dos empates ou dos resultados iguais. 

Para o jogo onde o Bahia tenta a sua primeira vitória no Estádio da Fonte Nova e o técnico Joel Santana, no Bahia. O tricolor não contará com o meia Zé Roberto, contundido. Marquinhos Gabriel deve ser o seu substituto. Outra dúvida reside na lateral direita. Pablo e Madson disputam a zaga de Neto. O goleiro Marcelo Lomba está relacionado e se sobrou algum juízo ao Joel Santana, deve retornar a sua antiga condição de titular, substituindo Omar. 

Deixe seu comentário

Autor(a)

24/04/2013 às 12h08

Dalmo Carrera

Fundador e administrador do Futebol Bahiano. Contato: [email protected]

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*