Vitória vence o Botafogo no Barradão

O Botafogo foi um excelente “sparring” para o
Vitória, na tarde desta quinta-feira, no Barradão. Em jogo-treino
equilibrado, o time rubro-negro venceu por 3 x 2, e Caio Júnior ficou
satisfeito com o teste final antes da estreia no Campeonato Baiano, dia
17, no Barradão, contra adversário que será definido após a finalização
da primeira fase, neste domingo. 

“A gente tem que evoluir e melhorar, mas serviu (o jogo-treino) como um
apronto para o Campeonato Baiano. Os jogos que nós vamos enfrentar vão
ser muito parecidos com esse. A não ser que aconteça alguma coisa um
pouco fora do normal, a tendência é essa equipe que começou iniciar o
campeonato. É importante dar segurança durante a semana. Taticamente o
desenho está pronto”, comentou Caio Jr. na coletiva depois do
jogo-treino.

O treinador mais uma vez escalou Cáceres no lugar de Renato Cajá, que
será julgado nesta sexta-feira, pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça
Desportiva) pela expulsão diante do Ceará na Copa do Nordeste. O
paraguaio é opção para ser titular se porventura Cajá receber uma
punição.

“A questão do Cajá (Renato) preocupa. Um substituto é Cáceres e ficou
claro até parta você que se ele veio rotulado de volante quando chegou,
mas ele é meia. Conversei  muito com ele. É um jogador com muito mais
técnica para armação das jogadas do que para desarmar e pressionar o
adversário”, disse Caio.

Caio Jr. falou ainda sobre Cardoso, escolhido para ser titular na zaga
ao lado de Victor Ramos, que fará sua reestreia na equipe.

“O fato de ele (Cardoso) ser canhoto também é importante porque jogar
pelo lado esquerdo sendo destro não é fácil. Além de uma capacidade
física muito boa e a bola aérea excelente, ele está apresentando uma
situação que eu não conhecia. Está tendo liderança dentro e fora de
campo. É um jogador que me parece vai marcar positivamente a passagem
dele pelo Vitória”.

Jogo-treino

 
No primeiro tempo, o Vitória marcou um gol aos 45 minutos: Maxi
Biancucchi fez excelente jogada pela direita e cruzou rasteiro para a
conclusão do artilheiro.

Na etapa final, o Botafogo empatou com Vitinho e Alan Pinheiro colocou o
Vitória na frente. Diego Higino empatou novamente e Dinei consolidou o
triunfo rubro-negro.

O time no primeiro tempo atuou com: Deola; Nino, Victor Ramos, Cardoso e
Marcos; Michel, Luís Alberto, Renato Cajá e Escudero; Maxi Biancucchi e
Marcelo Nicácio.

No segundo tempo, o time começou com: Deola; Nino, Gabriel Paulista,
Cardoso e Marcos; Rodrigo Mancha, Luís Alberto, Cáceres e Escudero; Alan
Pinheiro e Dinei.

Caio Jr. depois trocou Deola por Wilson; colocou Mansur no lugar de
Marcos; e substituiu Luís Alberto por Gabriel Soares e Escudero por
Vander.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*