Arena Fonte Nova Itaipava?

O antigo Estádio da Fonte Nova foi construindo em 1951 por Octávio Mangabeira, veio a sofrer profunda reforma e ampliação em 1971 no governo Luiz Viana Filho, foi desmoronando nos governos do sepultado PFL (uma parceria com o Esporte Clube Bahia) e caiu aos pedaços no governo de Jacques Wagner, em 2007, matando sete pessoas no jogo Bahia 0 x 0 Vila Nova pela Série C. 

Hoje, completamente novo e reformado, será reinaugurado em sete de abril próximo, em um jogo pelo Campeonato Baiano envolvendo o Bahia, seu inquilino e o Esporte Clube Vitória.

Em entrevista ao Jornal da Metrópole desta sexta-feira, o Governador Jacques Wagner fala da manutenção quase simbolicamente do nome Otavio Mangabeira (governou a Bahia entre 1947-1951 e que também construiu o Fórum Rui Barbosa, no entanto, confirma negociações com Grupo Petrópolis (fabricante dos produtos Itaipava, Cristal, TNT, Vodcas e outros) para a troca de nome do novo equipamento.

De acordo Jacques Wagner

“O Estádio Octávio Mangabeira é o estádio que implodimos para fazer a Arena Fonte Nova. Eu não sou de apagar ninguém da história, então vamos batizar o complexo Esportivo como Octávio Mangabeira e o estádio nós vamos adotar o nome popular: Arena Fonte Nova.

O [estádio] Roberto Santos ninguém chama, chama de Pituaçu. Além do mais, tem a questão de que o estádio tenta vender o nome pra algum comprador, algum patrocinador, isso está sendo negociado e vai acontecer. Longe de mim, até porque tenho muito respeito por Octávio Mangabeira, mas vamos fazer um museu com a história do estádio, desde a sua primeira construção. Não vamos tirar o nome dele de lá não.”

Perguntado sobre as negociações com a Cervejaria Itaipava, que, aliás, empresa forte em patrocínio a eventos automobilísticos, governador confirmou que existe proposta e negociação em andamento e que o nome do Estádio poderá ser uma composição do tipo: Itaipava Arena Fonte Nova ou Arena Fonte Nova Itaipava, mas o nome Fonte Nova não vai sair.

Ainda de acordo o governador, a Itaipava, que está chegando a Alagoinhas e está querendo se posicionar mais no mercado nordestino, que é um mercado largo para a área de cervejas. Mas afiançou que a placa de Octávio Mangabeira vai estar lá. 

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*