Vitória vai pular a fogueira em Goiânia!

Se não bastasse ter que adiantar o jantar ou comemorar o Dia dos Namorados já no dia 13, para poder assistir ao jogo do Vitória contra o Guarani na semana passada, agora (só pode ser pirraça) o jogo do meu time vai ser justamente no sábado de São João. Minha paixão pelo Vitória é grande, vou tentar até assistir ao jogo, mas vai ser difícil me concentrar na partida com a cabeça cheia de licor e o bucho cheio de amendoim, canjica, sardinha frita (é mentira!) e bolo de milho.Mas antes que chegue à hora do jogo, vou dar dois dedos de prosa sobre a peleja.

O Vitória joga às 16h20 deste sábado contra o Goiás, na casa do adversário. Jogo duro, complicado já que o Goiás é um time tradicional, com bons jogadores, e que entrou na série B para buscar o acesso. Não começou bem a competição, está afastado do G-4, mas uma vitória (bate na madeira) nesse jogo o reabilitaria e o poria de volta à briga por vaga na série A do ano que vem. Todo cuidado é pouco!

O provável time rubro-negro que vai a campo será: Renan; Léo, Gabriel, Victor Ramos e Saci; Michel, Mancha, Tartá e Ken; Marquinhos e Neto Baiano.

Tenho mais concordâncias do que ressalvas em relação a esses 11. Discordo dos laterais. Léo não era nem pra sentar no banco mais. Não apóia direito e deixa uma avenida na defesa. Saci é inoperante. Cadê Carlinhos e Dener? Tem que dar chance a eles, pois pior do que está não vai ficar.

Gosto da volta de Renan e, principalmente, de Gabriel à zaga. Fui contrário àquele rodízio de goleiros, no Campeonato Baiano, que sacou Douglas e entregou a titularidade à Renan. Achei injusto e sem sentido. Mas Douglas não tem passado confiança desde as entregadas no BaVi. Espero que Renan esteja bem e faça por merecer ser o dono da camisa um.

Gabriel é um ótimo zagueiro que estava sendo queimado na lateral-direita. Para mim, a dupla titular para o restante do campeonato é essa aí. Rodrigo é lento e vai ter que comer banco.

Boa também é a volta de Pedro Ken ao meio-campo. Jogador que dá estabilidade e qualidade ao setor. Vai ajudar muito o Vitória na competição.

Carpegiani teve muitos dias para promover treinamentos, fazer variações táticas, recuperar jogadores contundidos, conversar com eles e fazer uma preparação satisfatória para essa partida. Ele tem seus defeitos, mas é um bom treinador.

Uma boa notícia é que Carpegiani vai estar na área técnica durante o jogo, orientando o time e passando segurança aos comandados. Lugar de técnico é na beira do campo dividindo as emoções com os jogadores. Quem tem que ficar no camarote é o filho dele, e não ele, observando o posicionamento do time em campo.

Pronto para o jogo, o ECV tem que buscar pontos contra o Goiás. Ideal seria a vitória, para se consolidar no G-4 e não perder de vista o título do campeonato.

Estarei na torcida, junto com todos os rubro-negros, para que o Vitória pule essa fogueira e nos dê motivo para que nosso São João seja ainda mais divertido!

Vumbora Vitória

Diego Barbosa

Deixe seu comentário

2 Comentário

4 Trackbacks / Pingbacks

  1. kouponkabla.com
  2. freeprints code 2019
  3. กู้เงิน
  4. paper writing service

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*