Serrano arranca empate em Itabuna

O Serrano estreou no Campeonato Baiano de 2012 com o compromisso de manter o retrospecto de vitórias sobre o Itabuna. O resultado não saiu como o esperado, mas o Rubro-verde volta para casa com o primeiro ponto do campeonato.

Depois de muito tempo o Serrano e o Itabuna se encontraram na disputa do Baianão. Em 2010, o time mongoió amargou a 2ª divisão, m 2011 foi a vez do Itabuna. Jogo entre os dois só na Copa Governador do Estado. Nos dois jogos da competição, o Rubro-verde levou vantagem com dois belos placares: 3 a 1, em Conquista, e 4 a 1, em Itabuna. Mas os placares elásticos ficaram para outro oportunidade. A partida dura, com muitas entradas fortes e o normal nervosismo da estreia prevaleceram.

O Serrano conseguiu controlar o ímpeto do Itabuna durante todo o primeiro tempo. Com fortes ataques e boas chances de gol do adversário, o time grapiúna recuou e deu espaço para os índios mongoiós. Mesmo assim a primeira etapa terminou com o placar imóvel.

No segundo tempo, o Itabuna voltou mais ofensivo. O Serrano se conteve. E o nervosismo tomou conta. Numa falta no meio campo, Renilton recebeu o segundo amarelo e foi expulso.

A partida só mudou de rumo quando, em um cruzamento, Joelson tentou desviar com o peito e jogou contra seu próprio patrimônio. “A bola quicou em um morrinho e veio errada em minha direção”, disse o volante. Gol do Itabuna aos 29 minutos. Mas o Serrano não se intimidou com as duas adversidades. Aos 32 minutos, depois de uma cobrança de falta de Paulinho, a bola rebateu na defesa e sobrou limpa para William Santos, que dominou e chutou forte no meio do gol. Itabuna 1 x 1 Serrano.

O Serrano foi para cima tentado a virada, mas sem sucesso. O Itabuna tentou o contra-ataque, também sem sucesso. E o placar terminou no 1 a 1.

Para o treinador Juresco, “independente do resultado o grupo jogou muito bem. Não se intimidou com a expulsão de Renilton, nem com o gol contra. Foram muito maduros e souberam superar os contratempos dessa estreia”.

Itabuna X Serrano
Estádio Luiz Viana Filho
Arbitragem: Carlos Alberto de Souza Vila Nova; Assistentes: Marcos Welb Rocha de Amorim e Jefferson Abel Ferreira Lima.
Itabuna: Baggio, Wesley, Claudio, Wencley, Vitor, Wagner, Falcão, Alex, Murilo, Levi, Mateus.
Serrano: Gil, Paulinho, Willames, Márcio Baiano, William Santos, Joelson, Renilton, Rubens, Léo Mineiro (Yannick), Hiroshi (Alemão), Chicão.
Gols: Joelson (contra 29’ 2º tempo), Wiliam Santos (32’ 2º tempo)
Cartões Serrano: Joelson, Rubens, Willames (amarelo); Renilton (vermelho).–

Mateus Novais
Assessoria de Imprensa
77 9107-6280/ 8833-5501

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*