E.C Bahia: Sul-Americana ou ri do Vitória?

A edição impressa do jornal da Metrópole, desta sexta-feira, levanta uma questão já colocada logo após a confirmação do Bahia da Série A: perder para o Ceará e assegurar o quarto nordestino da competição e de contrapeso, fortalecer a Série B, com a presença do Cruzeiro que, por sua vez, dificultará a vida do Vitória. Particularmente, vou torcer desesperadamente para que o Ceará seja melhor e, dentro de campo, vença o Bahia dando o melhor de si. Nada contra ou a favor do Vitória, muito menos contra o Cruzeiro, e sim, tudo em pró de mais um clube da região onde moro e vivo no Campeonato Brasileiro da Série A – Confira.

O BAHIA já está garantido na Série A do ano que vem, mas anda cheio de motivos para levar a sério a última partida da temporada, no dia 4/12 (domingo), contra o Ceará. As razões são tantas que há quem aponte até justificativas ditas nobres para perder o jogo. É que, conquistado o objetivo principal, qualquer brecha vira motivo para fazer a rivalidade aparecer.

Cruzeiro e Ceará brigam para fugir da zona do rebaixamento. O time mineiro precisa vencer o rival Atlético-MG para não depender de uma derrota do alvinegro cearense. Então o torcedor tricolor olha para o lado e pensa: “Já garanti minha Série A no ano que vem, não vou jogar dia de terça-feira e sexta, não vou enfrentar potências do futebol como CRB, Ipatinga e Joinville…

Por que não perder para o Ceará, para deixar o Cruzeiro cair e fazer a Série B de 2012 mais difícil para o Vitória? ”Nessas horas, o ideal esportivo de justiça dentro do campo, de dar sempre o melhor de si, dá espaço para a chance de uma sacaneada clássica no Rubro-negro. Por isso, não se espante se o torcedor do Bahia sair sorrindo de Pituaçu em caso de derrota para o Ceará. Ele tem seus motivos. Contestáveis, é verdade. Mas tem.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*