Adriano deve ser emprestado ao Bahia

O autor da matéria é Miro Palma, a fonte é o Correio e o sonho é do Bahia. Segundo o jornal, Adriano Michael Jackson, que foi artilheiro do Bahia na Série B de 2010 com 15 gols, voltou a Salvador com um objetivo claro: vestir a camisa do Bahia no próximo ano, por não ter se adaptado ao futebol chinês. Confira.

Na terça, Michael apareceu no Fazendão para rever amigos como Ávine, Jancarlos, Marcone e Omar. Sem medo de ser feliz, confessou já ter começado a negociação com a diretoria tricolor. “Já estava aqui na semana passada. Fiquei conversando com Paulo Angioni na sala dele. Ele falou pra eu voltar. Falei que tava tudo certo. Vou voltar! É só meu empresário acertar tudo que tô aqui de novo”, diz.

O contrato de Adriano na China vai até 2014. Ainda assim, ele acredita que não terá muita dificuldade pra negociar o retorno. Uma possibilidade mais real é ser emprestado até o final de 2012. “Espero que eles me liberem, né!? Já deixei tudo claro lá que eu não quero mais voltar”, avisou. Um dos motivos seria a difícil adaptação. Cheio de risos, Adriano diz que a hora do almoço era a mais complicada. “Pô… Era cada comida. O cara olha e dá vontade de vomitar. Só tinha aquela comida e tinha que comer. Era o jeito”.

Baiano de Valença, Michael Jackson, 24 anos, também comenta que teve problemas na hora de se comunicar com os companheiros. Apesar de ter a ajuda de um tradutor, a identificação dentro de campo é complicada. “Os caras são tudo igual. Nem sabia quem era quem! Não aprendi nem o nome dos jogadores”.

Miserê – A resenha no Fazendão rolou solta. O lateral Ávine avistou o antigo companheiro de longe e largou: “Olha quem tá aqui, o miserê! Vai voltar, pai? Tava com saudade?”. Mesmo da China, o artilheiro tricolor do ano passado disse que acompanhou a campanha do time na Série A. Para ele, o mais difícil foi não poder ajudar. “Desde a época do Palmeiras, eu queria voltar. Assisti a várias partidas pela internet. É muita emoção”.

De férias, Adriano Michael Jackson quer matar a saudade da torcida do Bahia. Domingo, às 17h, ele estará em Pituaçu para acompanhar o Esquadrão no duelo com o Ceará. Vale vaga na Copa Sul-Americana. “Vou lá pra torcer muito! Acho que sou pé-quente”, brinca.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*