Copa do Nordeste novamente sem vez

Copa do Nordeste Campeonato do NordesteA CBF divulgou o calendário para o futebol brasileiro para o ano de 2012. Nada de novo na programação dos torneios, inclusive a previsível não inclusão de datas para torneios regionais, apesar de alguns dirigentes terem garantido o retorno de tão desejado campeonato, que parece ser a única solução para o fortalecimento do futebol nordestino.

Mesmo que se tentem alguns ajustes no calendário divulgado, as 23 datas disponibilizadas para os estaduais não são suficientes para se pensar em incluir um regional. Talvez se pensarmos em começar as atividades uma semana antes do previsto, aproveitar as datas de folga para a Copa do Brasil, e mais uma data que não tem programação, poderemos chegar a uma solução ainda que não fosse a ideal.

Com essa ginástica, poderiam se conseguir 29 datas que seriam suficientes para um campeonato do nordeste logo no início do ano (com 17 datas é possível fazer um campeonato com 2 grupos de 8 jogando internamente, mas uma semifinal e final com os 2 melhores de cada grupo). Nas 12 rodadas seguintes, seria possível fazer uma segunda fase dos estaduais com os clubes que avançarem em uma fase inicial, junto com os clubes que estivessem participando do nordestão. Com 6 clubes nessa decisão, poderiam jogar todos contra todos em ida e volta, e ainda uma final entre os dois melhores.

Quem já se pronunciou reclamando da ausência da previsão do regional foi o presidente da Federação Baiana de Futebol, mas quem conhece e sabe dos obstáculos que ele vem colocando nos últimos anos para que o regional não volte a ter importância, certamente acreditará que é só jogo de cena para, logo em seguida, utilizando justamente essa justificativa, emplacar o formato do estadual que já foi previamente ensaiado em uma reunião com os representantes dos clubes do interior.

Como vemos, formas para viabilizar o que poderia ser a salvação dos clubes nordestinos existem. Boa vontade, determinação e compromisso, infelizmente, não!

Victor Hugo

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*