E.C Vitória: Hoje é dia de recomeçar

O Vitória tem um grande desafio nesse final de primeiro turno da série B: praticamente recomeçar os trabalhos após diversas decepções que renderam queda de técnico, queda de interino, queda de gerente de futebol, queda de pelo menos meia dúzia de jogadores que não corresponderam em campo o que se esperava ao serem contratados, e principalmente queda na tabela afastando de maneira preocupante o Rubro Negro da zona de classificação a primeira divisão.

Obviamente que todos esses problemas são conseqüências (e penalização) da má gestão do clube, principalmente no que diz respeito ao futebol, com seu planejamento (ou falta dele) se mostrando absolutamente equivocado em 2011, assim como foi o de 2010.

O problema é que o Vitória vai recomeçar, mas as outras equipes estão com o “giro em alta”. É como se tivesse em uma corrida, e de repente aparece uma punição forçando o carro a ir para os boxes para fazer ajustes… difícil esperar uma recuperação para o pódio, mas sabemos que ainda tem tempo e, principalmente para o torcedor, esperança. Aliás, quem disse que o Vitória já conquistou algo que não tenha sido com dificuldades?

E pra piorar, nesse recomeço serão 3 jogos fora de casa em 4 partidas, e se o desempenho em casa tem deixado a desejar, fora de casa é ainda mais sofrível. A única vitória alcançada foi diante o lanterna Duque de Caxias, que conseguiu apenas 4 empates nos 15 jogos disputados. O que podemos chamar “time bônus” da segundona, já com os dois pés na série C.

O primeiro adversário desse recomeço é um time que também tem se mostrado frágil no torneio, ocupando a vice lanterna. Se por um lado deixa uma esperança de que é possível recomeçar bem, por outro deixa o torcedor apavorado caso um novo revés venha a acontecer.

Não só por aumentar uma seqüência de derrotas que de fato tem incomodado, principalmente diante do vice lanterna, mas também por dar motivo para mais uma série de provocações, que da mesma forma que são criativas, beiram a imbecilidade. O tema dessa vez já está antecipadamente escolhido, e a moldura será o sambódromo.

Das 7 partidas em que o Salgueiro disputou em seu mando de campo, já acumula 4 resultados negativos (2 derrotas e 2 empates). Quem sabe a terceira derrota venha nesse sábado e o recomeço do Vitória seja com o pé direito.

Victor Hugo
Foto: Francisco Ribeiro