Até quando a gozação é válida…

Hoje torcedores do Bahia e do Vitória se contentam em ver a miséria de um e do outro. A gozação é vista por todos os meios de comunicação e começa desde a presidência do clube chegando até o porteiro do seu prédio. Um bom dia na saída de sua casa se transforma em piadas e chacotas quando seu time perde. Nem é necessário o arbitro apitar o final do jogo para mensagens e ligações perdidas anunciarem que hoje é dia de ser sacaneado. Explicações, erros de arbitragem, faltas cometidas não importam, se seu time perdeu o melhor a fazer é baixar a cabeça e ouvir as gozações sem retrucar, pois amanhã será um novo dia.

Porém até quando a gozação é valida? Até quando vamos continuar vivendo somente dela? Digo isso, pois há muito tempo venho percebendo que se o Bahia ou Vitória for melhor um do outro já será o suficiente para boa parte de torcedores, não importando o nível técnico que o time esteja. Se seu time perdeu não tem como fugir das gozações e o que era pertinente entre os amigos já ganhou proporções entre os jogadores inclusive deixando o profissionalismo de lado quando o assunto é sacanear. Mas e daí? Ganhamos o que com isso?

Portas se fecham para jogadores, imprensa perde boa parte da audiência, o nível técnico fica cada vez mais distante dos melhores clubes do Brasil e a competitividade que era para ser dentro das quatros linhas são transferidas para fora dela e o que vemos dentro de campo são partidas pífias dignas de verdadeiros jogos de várzeas. Estamos transferindo nossas vaidades para dentro do campo e isso é perceptível na imprensa, entre os jogadores e entre os presidentes de clubes.

Sacanear faz parte do futebol, porém encher o peito e dizer que um é melhor que o outro sem mostrar resultados dentro do campo não nos leva a lugar nenhum. Alex Bruno

Deixe seu comentário

1 Comentário

8 Trackbacks / Pingbacks

  1. dsw coupon
  2. 밤전 주소
  3. 바카라쿠폰
  4. Offshore Company Formation
  5. 카지노게임사이트
  6. cheap flight booking
  7. โบท็อกซ์
  8. Astro Angel

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*