Lateral esquerda é o problema no Vitória

A falta de noticias sobre futebol durante o Carnaval é natural e esperada. Não se fala em outra coisa, já desde a noite de quarta-feira. O Vitória, já classificado e tranquilo, enfrenta o Juazeiro na quinta-feira, enquanto o Bahia, na quarta feira de cinzas, joga em Feira contra o Feirense, uma autêntica decisão, onde não se pode pensar nem em empatar, sob pena de sair da lista dos classificados. Confira o que diz o jornal A Tarde sobre as últimas notícias do Leão.

O Vitória tem quatro alternativas para a camisa 6, mas o fato é que não tem um jogador de referência para a posição. É por isso que a placa de regulamentação de trânsito ‘R-8b’ sinaliza bem os problemas enfrentados pelo setor rubro-negro.

A tal placa proíbe a mudança de faixa da direita para a esquerda, por uma circunstância de perigo qualquer no percurso percorrido.

Situação quase igual – já que neste caso não há nenhuma proibição expressa– a vivida pelo treinador Antônio Lopes, que dispõe atualmente apenas do lateral direito Nino Paraíba para apoiar as ações ofensivas do rubro-negro.

Enquanto isso, a faixa canhota padece de qualidade e de um jogador para assumir o setor. A disparidade deixa o Vitória, como reclama-se no popular, ‘capenga’, ‘manco’.

Irônico que foi justamente nesta posição que o Vitória começou a se reforçar para esta temporada. Em dezembro, ainda no ano passado, a diretoria trouxe como reforço inicial Ernani, vindo do Vasco.

Entre contusões e baixo índice técnico, ele perdeu a posição. As outras apostas ainda não decolaram. Eduardo Neto, ex-Sporting Braga (Portugal), só fez uma partida com a camisa do Vitória, afastando-se em seguida para tratar de lesão na coxa.

Léo, garoto da base, vem quebrando o galho, mas não é um jogador da posição, já que nasceu com maior habilidade na perna direita. A esperança pode estar, agora, em Vitor Saba, da base do Flamengo e com passagem pelo Macaé, apresentado na última sexta-feira.

Entre as incertezas, o rodízio na posição destoa da política reverberada pelo departamento de futebol no início do ano, de estudar as contratações antes de realizá-las. Saldo de três contratações para o mesmo setor e certeza de dispensa e perda de dinheiro até o final do Baiano.

10/03/2011 – Ao vivo: Vitória x Juazeiro

Deixe seu comentário

3 Trackbacks / Pingbacks

  1. รักษาหลุมสิว
  2. Male Escorts Singapore
  3. disability online application form

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*