Campeonato Baiano: Serrano vence o Camaçari

Serrano esperou a chegada da terceira rodada das quartas de final com a mesma gana de uma final. O Camaçari, último colocado do grupo 4, era o adversário a ser batido desse último Sábado (26), e o Rubro-verde não se fez de rogado. Desde o ínicio, o time mongoió procurou o gol que o levou, momentaneamente ou não, de volta à zona de classificação.

O time Rubro-verde entrou em campo com a única missão de ganhar sua segunda partida nas quartas. Tanta vontade fez com que os jogadores se transformassem em um poço de nervosismo. Durante todo o primeiro tempo, as chances de gols desperdiçadas foram inúmeras. Ora era um gol perdido cara-a-cara com o goleiro, ora era um chute distante da trave, ora era um gol impedido. Aos 10 minutos, na cobrança de falta, o Serrano chega ao gol, mas o juiz marca impedimento. Aos 26, Digão, sem nenhuma marcação, cabeceou pra fora o cruzamento de William Santos. Aos 37, Carlos Jr. deixou André Araújo sozinho com o goleiro, na cara do gol, mas o atacante furou.

Do banco, o técnico Esquerdinha ia ao desespero com as más finalizações. E o primeiro tempo terminou no 0 a 0.

Na volta do vestiário, parecia que tudo ia se acertar rapidamente. O Serrano voltou mais motivado e o Camaçari continuou na defensiva, esperando um contra-ataque, que não acontecia. Mas não tardou para o nervosismo retornar. Sobrou para o árbitro, que paralisou a partida para avisar que não admitiria mais reclamações.

Decorrido 20 minutos da segunda etapa, os jogadores mongoiós começaram a querer resolver sozinhos. Poucas jogadas como a de Samuel Jr. que, aos 29 minutos, chutou forte da intermediária, levaram perigo ao goleiro Allan. Quando o time do Camaçari percebeu que o Serrano não estava mais finalizando começou a gostar do jogo. O time azul e branco administrou melhor a bola, mesmo com pouca eficiência. Mas isso durou pouco. Quando o relógio marcava 36 minutos, Renilton escorou de cabeça a cobrança de escanteio para o fundo do gol do Camaçari. Serrano 1 X 0 Camaçari.

Após o primeiro gol, o rubro-verde partiu atrás do segundo. 43 minutos, André Araújo recebe sozinho dentro da grande área, mas se enrola com a bola. E aos 45, Dinho derruba Samuel Jr. dentro da grande área: “É pênalti”! O mesmo Samuel Jr. cobra e acerta a trave direita do gol. Logo em seguida, o juiz apita para o centro do campo e põe fim ao jogo. Serrano 1 X 0 Camaçari.

O meia Gustavo Bianchinni agradeceu aos companheiros pela vitória. “Valeu a todos do grupo. Hoje não foi na técnica, mas foi na raça e na vontade”. E completou: “time de guerreiros!”. O técnico Esquerdinha resumiu melhor a partida. “Os jogadores estavam nervosos e tentamos deixar o grupo tranquilo. Lutamos, nos desorganizamos, mas é numa jogada ensaiada que o gol sai, como aconteceu”.

Com este triunfo, o Serrano chega aos seis pontos e assume a vice-liderança do Grupo 4, atrás apenas do Vitória, que tem melhor saldo de gols. O rubro-verde espera o fim da terceira rodada, nesse Domingo (27), para definir sua colocação, já que o Feirense pode chegar aos mesmos seis pontos, se ganhar do Vitória, em Feira de Santana. Com informações do site Oficial do Serrano.

SERRANO x CAMAÇARI

Local: Estádio Lomanto Júnior

Árbitro: Jailson Macêdo Freitas

Assistentes: José Carlos Oliveira dos Santos e Mick Santos de Jesus

Gol: Renilton (36 minutos)

Serrano: André Nunes, Erik (Digão), Ricardo Ehle, Jackson (Samuel Jr.), Renilton, Moreira, Gustavo, André Araújo, Rubens, Carlos Jr (Filipe Sertânia).

Camaçari: Allan, Marins, Murilo, Maicon, Dinho, Edson, Totinga, Dos Santos, Júnior, Diego e Iltinho.

TABELA DE CLASSIFICAÇÃO DO CAMPEONATO BAIANO 2011 (atualizada em tempo real)

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*