Site da FBF é invadido por “hacker” do Bahia

Essa é do tipo de matéria que foge completamente na minha limitada capacidade de comentar o que postamos. Talvez apenas diga que o torcedor tem lá suas razões no conteúdo, o time não passa confiança, em três jogos somou apenas quatro minguados pontos e nos 270 minutos de jogo, em momento algum, praticou um futebol do que clube se esperava. O preço do ingresso é realmente uma pequena fortuna e confeccionados para barão comprar. Porém, não digo que os contratados são refugos, pelo contrário, apenas a direção do Bahia, usando da política “pés descalços, porém no chão”, resolveu fazer do time um campo de experimento para Vasco, Corinthians e Flamengo. Agora, a via de protesto encontrada pelo torcedor tricolor não tem qualquer cabimento, até porque, se era para invadir algum lugar, que fosse a casa de Sassá! Confira, a matéria é do Jornal A Tarde.

O site da Federação Baiana de Futebol foi invadido na madrugada desta quinta-feira, 27, por um “hacker” torcedor do Bahia, que protestou contra a má campanha do time, logo após o empate por 3 a 3 fora de casa contra o Ipitanga, na última quarta-feira, 26.

Sob o codinome “Crazy_Eclipise” (sic), o torcedor postou na capa do site da FBF um texto intitulado “Esse time do Bahia é uma vergonha”. Na mensagem, cheia de erros de português, o torcedor diz que “não dá mais para aturar esses refugos que o Bahia trouxe…. tirando uns três que se salva” (sic).

Na mesma mensagem, “Crazy_Eclipse” ainda pede para o presidente Marcelo Guimarães Filho colocar o time da Copa São Paulo no Baianão, além de criticar o preço dos ingressos nos jogos em Salvador (R$ 50 é p valor cobrado pela inteira do ingresso mais barato), dizendo que este é o valor de um “ingresso de Libertadores, não para Campeonato Baiano”. Na manhã desta quinta-feira, 27, a mensagem já havia sido retirada da capa do site da FBF.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*