Caos aéreo atrapalha planos do E.C Vitória

Praticamente dentro do natal o noticiário esportivo do futebol baiano naturalmente vai desaparecendo e é preciso criar o fato novo e quando eles não existem, o jeito é usar da criatividade para gerar a noticia e no embalo explicar, o marasmo rubro-negro, quando o assunto são as contratações necessárias para o Esporte Clube Vitória, foi o que fez a Tribuna da Bahia, na edição desta quinta-feira. Confira

Os problemas nos aeroportos brasileiros por causa da greve dos aeroviários e aeronautas chegaram ao Vitória. O diretor de futebol do rubro-negro, Beto Silveira, foi uma das vítimas dos mais de 30% de voos locais que atrasaram ontem. “Ainda estou em São Paulo, está um inferno aqui no aeroporto”, disse, ressaltando que só deveria desembarcar em Salvador na madrugada de hoje.

Com o atraso de Silveira, o Vitória vai demorar também um pouco mais para anunciar os reforços. O diretor de futebol passou pelos principais clubes paulistas e elaborou uma lista com jogadores que podem defender o rubro-negro em 2011. “Agora vamos ver o que Lopes vai querer e o que o clube vai pagar”, afirmou.

Para definir as prioridades financeiras, Beto Silveira vai se reunir hoje com o presidente Alexi Portela. O clube havia estipulado um limite salarial de R$ 250 mil para a soma dos oito reforços que devem ser contratados até o início do Baiano. Até agora, apenas o lateral Ernani foi confirmado.

O dirigente confirmou também que o Vitória entrou em contato com o zagueiro Alison quando soube que ele poderia não renovar com o Bahia. “Quando nós chegarmos aí, se ele não tiver assinado ainda, vamos negociar, sendo que tenho alguns zagueiros aqui na lista que estou levando”, ponderou.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*