Quem fica ou sai do Bahia para 2011?

A festa merecida e atrasada da torcida do Bahia ainda não acabou, e está com cara que só vai acabar quando o ano se findar. Ela merece essa comemoração e tudo mais porém, a fila anda e os fatos se sucedem, agora resta saber do grupo que conquistou o acesso e ainda mantém esperança do titulo da Série B, quem fica e quem sai.

Justamente é sobre esse tema, que o jornalista Miro Palma aborda na edição impressa do Correio, desta segunda-feira. Moraes, Adriano, Márcio Araújo e Jael, renovam seus contratos? Não existem afirmações categóricas na matéria, apenas indícios da permanência ou não de cada um. Confira.

A galera ainda está pensa na festa do acesso, mas, pelo menos entre os jogadores, o papo é renovação de contratos já começou. Depois do sucesso na Série B, não falta boleiro doido para ficar em 2011.

Dá galera da base, Ananias, Vander, Marcone e Omar possuem contrato com o clube. O lateral Àvine, por sua vez, não renovou ainda, mas por causa de pequenos detalhes. “Tenho contrato até 2013, só falta assinar. Sempre desejei disputar a Série A pelo Bahia”.

Ídolo da galera e com vínculo até meado de 2011, o matador Jael está na mesma situação. “Não vou mentir que ainda existem algumas pendências para serem resolvidas, mas meu desejo é ficar aqui, sempre falei isso” garante o atacante tricolor

As situações mais complicadas são as de Adriano e Moraes. Emprestados por Fluminense e Corinthians, respectivamente necessitam de uma nova liberação, que dificilmente irá acontecer.

O volante Fábio Bahia também depende do Goiás. “Eu quero muito ficar. Gostei demais do Bahia, mas não depende somente de mim” avisou o volante. Já o zagueiro Alison, com contrato até o final deste ano. Aguarda ansiosamente um bate-papo com a diretoria. “estou esperando que essa conversa aconteça”

Festejado pela torcida do Bahia e com a moral elevada junto à diretoria do clube, o técnico Márcio Araujo ainda não sabe se fica. O comandante, querido pelos jogadores, prefere adiar mais um pouco a decisão.

“Ainda não sentamos para conversar com a diretoria do clube. Mas isso vai ficar para o final do campeonato” Depois da partida contra a Portuguesa, emocionado, elogiou a torcida. “Conseguimos levar alegria para a vida destas pessoas. Isso é gratificante.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*