Torcedor oficializa queixa contra Rogerinho

Essa informação já circula pela imprensa esportiva da Bahia, logo após o empate do Bahia contra o Brasiliense e ontem ganhou destaque na mídia nacional. Hoje, o jornalista Elton Serra, no seu BLOG, no Portal Futebol Baiano, confirma a noticia e afirma agora, em caráter oficial, que realmente o torcedor tricolor formalizou queixa contra o jogador Rogerinho, na 9ª delegacia de Policia, no bairro da Boca do Rio. Acho uma grande bobagem, um exagero e uma resposta desproporcional para um fato corriqueiro que acontece no mundo do futebol, desde da época em que o arco íris era em preto e branco. Confira.

O torcedor do Bahia, Serge Euller Magalhães, prestou queixa na manhã desta quarta-feira na 9ª delegacia de Salvador, localizada no bairro da Boca do Rio, contra o meia Rogerinho. Ele se sentiu ofendido com os gestos obscenos feitos pelo jogador durante a partida Bahia x Brasiliense, no último sábado, em Pituaçu.

Serge já havia dado queixa no posto avançado do estádio, mas o documento só chegou à delegacia nesta quarta-feira. O torcedor foi ouvido pela delegada titular, Dalva Cardoso do Nascimento.

O ‘caso Rogerinho’ assemelha-se ao episódio de Dunga, que desferiu gestos obscenos para a torcida durante o jogo Brasil x Chile, ano passado, em Pituaçu, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo. A CBF foi multada a pagar o valor de R$ 20.400 a dois torcedores da capital baiana (R$ 10.200 a cada), como reparação de danos.

Apesar de toda polêmica, Serge afirma que não quer dinheiro do Bahia. “Exijo apenas que eles façam uma faixa se desculpando e passe em todos os jogos em Pituaçu”, explicou o torcedor, que é convidado do programa Transamérica Esportes, na Rádio Transamérica de Salvador, na noite desta quarta-feira.

Veja também

Juvenil do Bahia estreia com triunfo na Copa Carpina
Anúncio do meia Jorge Wagner deve ser feito ainda hoje
Treinador elogia recuperação dos jogadores do Bahia

Veja o que diz o jogador sobre o episodio

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*