Bahia enfrenta Figueirense para encostar no G4

O Bahia vencendo hoje o Figueirense, em Pituaçu, o máximo que pode alcançar na tabela de classificação é o quinto lugar ou sexto, em caso de vitória do América-MG sobre o ASA, empatando, tem chance de se manter na nona posição, perdendo, cai para a 11º posição. Confira detalhes sobre Bahia x Figueirense, com informações de autoria do jornalista Raphael Carneiro, veiculada na Tribuna da Bahia deste sábado.

O Bahia vai entrar em campo hoje para enfrentar o Figueirense, no Estádio de Pituaçu, com um único objetivo: conquistar os três pontos e chegar ao G-4 da Série B do Campeonato Brasileiro. Vivendo na gangorra na tabela de classificação da Segunda Divisão, o tricolor não pode mais vacilar em casa, precisa fazer valer o mando de campo e derrotar o adversário direto pelo acesso à elite do futebol nacional.

O jogo de hoje, na verdade, é um daqueles considerados de seis pontos. No meio da tabela, o Bahia tem 16 pontos conquistados e, caso vença os catarinenses, ficará com apenas um ponto a menos que o Figueirense, que iniciou a rodada na terceira colocação. Importante também porque na próxima rodada o tricolor terá pela frente outro concorrente ao G-4: o Asa, em Arapiraca.

Para o jogo de hoje, o time está praticamente definido. O técnico Renato Gaúcho confirmou as entradas de Renê, Vagner e Bebeto. Os dois primeiros entram porque os titulares estão cumprindo suspensão automática. Fernando e Alison foram expulsos na derrota para o Náutico.

O caso de Bebeto é mais complicado. Depois de ter sido rebaixado para os juniores, o lateral volta a ser titular do tricolor. No ano passado, o lateral não correspondeu da maneira esperada. Agora, ganhou atenção especial. Na quinta-feira, já sabendo que o jogador seria titular, o ex-presidente Marcelo Guimarães esteve no treino em Pituaçu e chamou Bebeto para uma conversa de pé de orelha.

“O Bebeto vai jogar. O jogador tem que estar preparado e ser profissional independente de estar jogando ou não. Ele desceu no início do ano e continuou levando a sério. Fez por merecer lá embaixo e agora terá a oportunidade de mostrar sua qualidade”, disse o técnico Renato Gaúcho em entrevista ao Bahia Notícias.

Com estas definições, a única dúvida na escalação do Bahia está no setor ofensivo. Depois dos testes que fez durante a semana e da partida do time do Campeonato do Nordeste contra o Confiança, o treinador não definiu se vai manter o esquema com cinco jogadores no meio de campo ou se volta ao tradicional 4-4-2.

As possibilidades estão entre Ananias e Jael. O provável é que o meia seja o titular, com o atacante ficando como opção no banco de reserva. “Na minha cabeça a equipe está pronta e definida. Três mudanças vocês já sabem. Se tiver mais uma surpresa, vocês vão saber 45 minutos antes. O Jael é um grande jogador e vai ser decisivo pra gente nessa Série B. Temos que ter cuidado para não forçar pelo tempo parado”, despistou Renato Gaúcho.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*