Bahia: o Caxias vai pagar o pato

Enquanto a imprensa rubro-negra ainda aproveita o acidente de percurso do Bahia contra o Icasa, a Tribuna da Bahia recoloca os pontos nos “is”. O Bahia deverá vencer o Duque de Caxias e o fará de forma a aumentar seu saldo de gols. Se o Bahia foi menosprezado pela maioria de jornais e principalmente pela TV Bahia depois da derrota contra o Icasa-CE, na Tribuna o Esquadrão de Aço volta a ser reverenciado pela boa campanha, e ganha a verdadeira dimensão que merece. Se fizeram brincadeirinha de “Xuxá” com o Bahia, a torcida responderá a altura às provocações apoiando o tricolor e calando a imprensa rubro-negra.

O Bahia tem hoje à noite a chance de voltar à liderança da Série B do Campeonato Brasileiro no jogo contra o Duque de Caxias, do Rio de Janeiro, no Estádio do Parque Metropolitano de Pituaçu. Para isso, precisa vencer o adversário carioca, o lanterna que perdeu todos os jogos, não ganhou nenhum ponto nas seis rodadas disputadas, de goleada, com o maior número de gols possível, para superar a Portuguesa de Desportos e iniciar o recesso do futebol brasileiro, durante a disputa da Copa do Mundo na África do Sul, como líder da 2ª Divisão.

Antes do início da rodada desta noite, a Portuguesa de Desportos entra em campo como líder da Série B, com os mesmos 13 pontos ganhos do Bahia, mas com a vantagem no saldo de gols, seis contra quatro do time baiano. Só que os paulistas jogam fora de casa, contra o Paraná, em Curitiba, enquanto que o tricolor pega o Duque de Caxias no caldeirão do “PituAço”, com apoio total da sua torcida para voltar à liderança da 2ª Divisão.

Vencer é obrigação no Fazendão. Ontem, o técnico Renato Gaúcho voltou a insinuar que os jogadores deixaram a euforia tomar conta depois da vitória sobre o Sport. “Como eu disse aos meus jogadores, não quero ninguém de saltinho”, disse o treinador, que não acredita que o fato de o Duque de Caxias ser o lanterna será facilitador. “Tem que deixar o saltinho alto em casa se não vai ficar difícil. Se não der o máximo, com respeito, os vexames vão se repetir”.

O recado foi entendido pelos jogadores. “Não jogamos bem contra o Icasa. A partida contra o Duque de Caxias vale a liderança do campeonato e precisamos do apoio do nosso torcedor”, comentou o atacante Rodrigo Gral em entrevista ao site oficial do clube.

O discurso foi repetido pelo lateral-esquerdo Ávine. “Se vencermos, podemos retomar a liderança e passar todo o período da Copa do Mundo como líderes. Pedimos este voto de confiança da torcida, pois estamos fazendo uma boa campanha e vamos lutar muito para conquistar os três pontos contra o Duque de Caxias”.

Depois do fracasso com a escalação de três volantes, o técnico Renato Gaúcho decidiu mudar de vez o esquema do Bahia. É esperado que no jogo de hoje à noite o treinador volte a escalar dois atacantes fixos, com dois meias e dois volantes no meio-de-campo.

A mudança tática vai acontecer também pela falta de meias. Ananias e Morais foram vetados pelo departamento médico e só voltam a jogar depois da Copa do Mundo. Assim, Itacaré deve ter a chance de começar jogando pela primeira vez. Na zaga, Alison está suspenso com três cartões amarelos e vai dar lugar a Vagner. Ontem, Apodi reclamou de dores no tornozelo e se tornou dúvida para a partida.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*