Meia Ananias pode deixar o Bahia

Segunda-feira começa com boas expectativas para os torcedores do Bahia e Vitória. O Leão depois de arrancar um empate na raça contra o Flamengo (de Abadá), no último sábado, inicia, hoje, a contagem regressiva para o jogo contra o Atlético-GO, na quarta-feira, pela Copa do Brasil. Jogo que pode lhe proporcionar alguns indícios que pode abandonar definitivamente a simples condição de um clube filiado à FBF e registrado na CBF, para entrar finalmente na seleta galeria dos clubes campeões, como: Cruzeiro, São Paulo, Bahia e outros.

Já o tricolor de aço, em lua de mel com sua torcida, acumula duas vitória, seis pontos e a vice-liderança da Série B, motivos para momentos de euforia. Enquanto seu torcedor já se prepara para percorrer e ultrapassar a Ponte Preta em Pituaçu, na próxima sexta-feira. A Tribuna da Bahia, trás hoje, a possibilidade de negociação do meia Ananias. Confira.

Depois das apresentações dos três reforços no fim da semana passada, do atacante Morais, do centroavante Cacá e do zagueiro Diego, da expectativa da volta do artilheiro Jael e da vinda do zagueiro Fábio Neves, do Fluminense do Rio, o Bahia começa também a diminuir a folha do Departamento de Futebol, e, principalmente, “fazer dinheiro”, buscar recursos financeiros para contratar e dispensar. O meia Ananias pode estar deixando o Fazendão.

Especula-se que dirigentes do futebol da Coréia estão interessados no jogador, que já foi avaliado e aprovado para o futebol coreano. Os valores não foram estipulados e nem revelados, porque ainda não existe a proposta oficial para a negociação do jogador.

O Superintendente de Futebol do Bahia, Paulo Angioni, admitiu conversar com o técnico Renato Gaúcho para avaliar o futuro dos dois lateral-direitos, Carlos Alberto e Apodi, que estão contundidos. “Em princípio, não vamos procurar um jogador para a posição. Há dois dias Renato Gaúcho teve uma reação pela ausência de Carlos Alberto, e vou esperar ele chegar e conversar com calma para resolver a situação”, disse o diretor do Bahia.

O dirigente confirmou que o ciclo de contratações não estão encerradas: “Nós estamos no aguardo. Não para por aí, ainda teremos a necessidade de trazer pelo menos dois jogadores para completar o elenco. Depois disso, damos uma parada e vamos trabalhar”, disse Angion

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*